São Luís - MA Parcialmente Nublado 26°C 28°C

Sarney em versão ‘aposentada’ busca manter relevância

Figura dominante da política nacional desde que governou o Maranhão na década de 1960, o senador e ex-presidente da República José Sarney (PMDB), de 84 anos, entrou na campanha deste ano vivendo um período de declínio. Essa “baixa” ficou evidente na última semana, quando Sarney tentou intervir no debate da eleição presidencial. Ele criticou seus aliados Lula e Dilma Rousseff. Disse que o PT corre o risco de perder a eleição e que Lula parece ter perdido a “aura de invencibilidade”. Também bateu em Marina Silva (PSB), afirmando que ela “tem cara de santinha”, mas é “radical” e “raivosa”. As declarações em nada mudaram o cenário da disputa.

foto Sarney 6O declínio do patriarca começa no local onde ele se projetou para a política. O ex-presidente entrou na eleição maranhense deste ano apoiando o segundo colocado nas pesquisas, Edison Lobão Filho (PMDB), e sem a perspectiva de, mesmo em eleições futuras, ver um parente reassumir o governo estadual.

Sarney não tem um herdeiro para substituí-lo após a aposentadoria – ele diz que deixará a vida pública em janeiro de 2015. Sua filha, a atual governadora Roseana (PMDB), foi reeleita em 2010 e não pôde disputar o cargo de novo. Depois de especulações sobre tentar o Senado, ela anunciou que, como o pai, vai se aposentar após terminar o atual mandato, em dezembro.

Os outros filhos do ex-presidente são o deputado federal Zeca (PV-MA) e o empresário Fernando. Mas uma rara convergência entre aliados e adversários de Sarney é a certeza de que nenhum dos filhos tem condição de assumir o lugar do pai. Um sempre se dedicou mais à carreira política em Brasília. O outro se tornou o homem forte dos negócios da família.

Políticos que estiveram com Sarney por décadas aguardam a chance de ocupar o espaço deixado por ele. Um dos primeiros da fila é o ministro de Minas e Energia e também ex-governador do Maranhão, Edison Lobão (PMDB), que emplacou seu filho como candidato do grupo “sarneyzista” neste ano.

“Edison Lobão pai era o candidato natural do grupo. Não foi candidato porque teve problema de saúde”, diz o deputado Chiquinho Escórcio (PMDB-MA), um dos principais auxiliares de Sarney. O senador Lobão Filho foi escolhido, segundo Escórcio, porque pesquisas do partido indicavam sua viabilidade. Também foram cogitadas, diz o deputado, as candidaturas do ex-ministro Gastão Vieira e do presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo.

A escolha de Lobinho – como é conhecido o candidato em sua terra natal – acabou tornando a situação eleitoral de Sarney ainda mais frágil. No meio da campanha, a revista Veja publicou reportagens ligando não apenas a família Sarney, mas também Lobão pai ao esquema de corrupção montado pelo ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa e pelo doleiro Alberto Youssef. Segundo a publicação, Costa citou Roseana e o ministro entre os políticos beneficiados pelo esquema.

A relação entre o grupo de Sarney com Costa e Youssef passou a ser usada no discurso do candidato oposicionista, Flávio Dino (PC do B), ex-deputado federal que está em primeiro nas pesquisas de intenção de voto e pode até vencer no 1.º turno.

No debate entre Dino e Lobão Filho promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão, o assunto foi mote de diversas rodas de conversa paralela. “Ele está foragido”, disse o deputado Domingos Dutra (SDD-MA), sobre a ausência de Lobão pai no debate. Coube ao candidato defender o pai. Indagado pelo Estado sobre as acusações, Lobinho disse: “Nunca houve esse episódio. É inteiramente falacioso.”

Após Lobão ser envolvido no escândalo, o PT, que entrou formalmente na coligação de Lobinho, enviou adesivos da presidente Dilma Rousseff ao lado de Flávio Dino para manifestar apoio ao candidato do PCdoB. Um dia depois, a própria presidente da República confirmou a legitimidade do material. “Eu mandei porque o Flávio Dino me apoia. Há adesivos para todos os candidatos que me apoiam”, afirmou Dilma em entrevista coletiva.

O candidato de Sarney poderia ter sido outro. Até o início do ano, Roseana tentou viabilizar o peemedebista Luís Fernando Silva, ex-secretário da Casa Civil e de Infraestrutura. Mas, por ser próximo da família de Jorge Murad, marido da governadora, ele teve receio de perder influência em outras alas do PMDB.

Assim como tentou entrar no debate da eleição nacional, Sarney também participa de eventos da eleição maranhense, em que manifesta apoio a Lobinho. A depender do resultado das urnas, ele pode ter não apenas perdas políticas, mas também econômicas.

Faz parte do conjunto de promessas de Flávio Dino cortar repasses do governo para o grupo de comunicação de Sarney, que inclui a TV Mirante – retransmissora da Globo. “A TV Mirante vai ter uma participação de acordo com sua importância. Não vou eliminar a TV Mirante porque isso seria perseguição. Mas não vai ter privilégio, como hoje tem”, afirmou Dino. Sarney, Roseana e Edison Lobão não quiseram conceder entrevista ao Estado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Marina: ‘PT é macaco do galho do Sarney e Cia’

Blog do Josias – Em comício realizado na noite passada, no bairro de Cajazeiras, periferia de Salvador, Marina Silva tratou seu ex-partido com uma dose extra de acidez. Disse que a coligação da rival Dilma Rousseff junta “alhos com bugalhos”. Gente que, no passado, “nem conversava”. Enumerou: “O PT combatia o Sarney, o Collor, o Renan, o Maluf, o Jáder Barbalho… Agora, estão todos juntos. É tudo macaco do mesmo galho.”

Durante o governo Lula, quando Marina foi ministra do Meio Ambiente, o PT já havia firmado sua aliança com o que há de mais arcaico na política brasileira. E Marina conviveu com os “bugalhos” sem dar um pio. Só saltou do barco quando decidiu embarcar no projeto presidencial de 2010, que obteve quase 20 milhões de votos.

Marina falou para uma plateia miúda, pouco mais de 300 pessoas. Mas seu comitê cuidou para que o discurso fosse transmitido ao vivo pela internet. Irônica, a candidata realçou outra junção inusitada ocorrida na atual campanha. A junção do PT com o PSDB. “Pela primeira vez na história desse país o azul e o vermelho estão juntos na mesma artilharia pesada, combatendo a gente a ferro e fogo. E sabe por quê? Pela briga do poder pelo poder. Estamos aqui para dizer que não vale tudo para ganhar o poder.”

Mais cedo, Dilma Rousseff voltara a lançar mão da tática do medo num comício em São Paulo. A rival de Marina dissera que, a poucos dias da eleição, “começa uma série de mentiras e boatos.” Em seguida, difundiu o seu boato preferido:

“Tem uns que dizem que o Bolsa Família, nosso programa mais importante, o programa que nós consideramos o mais forte para reduzir pobreza e desigualdade, junto com emprego e aumento de salário, vai acabar. Vai acabar se eles forem eleitos.”

Marina também fizera campanha em São Paulo pela manhã, só que no interior do Estado, em Campinas. No comício de Salvador, ela repetiu um pedido que havia feito à plateia campineira. Deseja que seus partidários combatam os boatos nas redes sociais.

“Pode dizer lá: eu vou manter o Bolsa Família, o Minha Casa…, o Mais Médicos, o Fies, o Prouni, o Propnatec. As coisas boas nós vamos manter. Vamos explorar os recursos do pré-sal, dedicando-os à saúde e educação. O que não vamos permitir é que um diretor, um grupo de mensaleiros, façam corrupção na Petrobras. Essa velha política de se servir daquilo que é de todos haverá de acabar.”

Na opinião de Marina, a tática de associá-la ao risco de extermínio de benefícios sociais “subestima a inteligência do povo brasileiro”. Referiu-se à estratégia de Dilma como “conversa de marqueteiro.” Acha que, no final, não vai colar. Citou o escritor francês Victor Hugo, autor de Os Miseráveis. “Ele disse: ‘nada é mais poderoso do que uma ideia cujo tempo chegou’.”

Marina emendou: “O desejo por uma nova política é uma ideia que chegou para os brasileiros. E as ideias cujo tempo chegam só precisam de homens e mulheres que se disponham essas ideias.”

Para encerrar, Marina evocou um fenômeno amazônico: o encontro das correntes fluviais do rio Amazonas com as águas oceânicas. “A gente está fazendo uma onda, uma grande onda. [...] É como se fosse o encontro das águas. Lá na minha Amazônia tem um fenômeno chamado pororoca. Quando as águas se encontram, formam uma pororoca que não tem quem segure. Na campanha, essa pororoca é a sociedade brasileira.”

Tuitaço #MaranhaoQuerPaz neste domingo, às 10h

twitter-peace-600

Por solidariedade a todos os maranhenses penalizados pelos ataques aos ônibus coletivos neste sábado (20), a Coligação Todos Pelo Maranhão decidiu cancelar a caminhada com Flávio Dino marcada para este domingo (21) na Avenida Litorânea, em São Luís.

A coligação repudia veementemente os ataques, que deixaram moradores sem transporte coletivo e representam uma inaceitável perturbação da paz e da segurança.

Em lugar da caminhada, convidamos todos para uma manifestação pacífica e de repúdio ao descontrole da segurança pública, pela internet, às 10h deste domingo. O tuitaço #MaranhaoQuerPaz será um posicionamento firme em defesa de medidas e políticas eficientes contra a criminalidade e a violência.

Veja no blog vídeos de ônibus incendiados em São Luís

Quatro ônibus e um micro-ônibus foram incendiados neste sábado (20), em São Luís e São José de Ribamar, municípios da região metropolitana de São Luís. Em São Luís, os atentados aos ônibus aconteceram nos bairros Alto do Pinho, Santa Bárbara e na sede da empresa Viação Abreu, no Jardim São Cristóvão. Já em Ribamar, um micro-ônibus que presta serviços de transporte alternativo, também foi queimado. Segundo o coronel Marco Antônio Alves, comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) de São Luís, os ataques podem ter ligação com as recentes fugas do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. “Recebemos informações de que seria uma ação coordenada, cuja ordem partiu de dentro de Pedrinhas”, disse o militar ao portal G1 MA. Há informações de que bandidos atiraram na delegacia do João Paulo, também na capital.

A 15 dias da eleição, Flávio mantém o dobro de votos do segundo colocado

Pesquisa_Grafico (2)

A apenas duas semanas do pleito que definirá o próximo governador, o candidato da coligação Todos Pelo Maranhão Flávio Dino mantém o dobro das intenções de voto do candidato da família Sarney, Edinho Lobão. Flávio subiu dois pontos na pesquisa Exata/TVGuará/Fiema e agora tem 58% das intenções de voto contra 29% de Edinho Lobão. Os candidatos Zéluis Lago, Pedrosa e Josivaldo têm, cada um, 1% das intenções de voto. Saulo Arcangeli não pontuou. Cerca de 5% dos eleitores não sabem ou não responderam. Outros 5% estão indecisos.

Em votos válidos, Flávio Dino teria 64% das intenções de voto se a eleição fosse hoje, contra 32% do candidato da família Sarney. A pesquisa Exata/TVGuará/Fiema foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o número 00049/2014. Foram ouvidos 1.400 eleitores em 45 municípios maranhenses entre os dias 15 e 19 de setembro. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

Rejeição de Edinho aumenta

O líder de rejeição continua sendo o candidato Edinho Lobão. O escândalo da Petrobras fez subir de 39 para 44% o volume de pessoas que não votaria em Edinho de forma alguma. Zéluis Lago tem 26% de rejeição; Pedrosa e Josivaldo têm 19% cada. Flávio é o penúltimo em rejeição: 16%, próximo a Saulo, com 15%.

Ribamar comemora aniversário com entrega de obras

http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/_files/gallery/FotoUma vasta programação organizada pela administração do prefeito Gil Cutrim – composta por inaugurações de obras e autorização de novas; além da realização de ações sociais, culturais e esportivas – marcará, a partir desta segunda-feira (22) até o próximo sábado (27), as comemorações em homenagem ao aniversário de 62 anos de emancipação política e administrativa de São José de Ribamar, terceira maior cidade do Maranhão em número de habitantes.

Na segunda, as atividades terão início a partir das 8h, no Parque Municipal da Cidade, localizado na Sede do município, com a realização do projeto Arte no Parque, iniciativa que oferecerá aos ribamarenses, durante todo o dia, ações diversas, tais como exposição de pacientes do CAPS; artesanato, viveiristas, atividades esportivas; aferição de pressão arterial; teste de glicemia; mini cursos de primeiros socorros; emissão de cartão SUS; dentre outras.

Ainda pela manhã, será inaugurada a quadra poliesportiva coberta da Escola Municipal Liceu Ribamarense I, unidade de ensino que, juntamente com a E.M Liceu Ribamarense II, integra a primeira rede de ensino público em tempo integral de São José de Ribamar e do Maranhão.

No período da tarde, o prefeito Gil Cutrim autorizará a construção de mais uma Unidade Básica de Saúde, no bairro Pindaí, as margens da MA – 201. Em seguida, Cutrim e lideranças comunitárias e políticas da cidade autorizarão o início dos serviços de implantação do sistema de abastecimento d´água da localidade Trizidela da Maioba.

Na terça pela manhã, será autorizada a construção da Unidade Básica de Saúde do bairro Quinta. À tarde, a partir das 15h, será entregue à população o novo sistema de abastecimento d´água do Residencial Olímpico. Às 17h, será inaugurada a nova Unidade Básica de Saúde Raimundo Balbino, na Sede.

Caldeirão do Peixe, E.M do Miritiua e 13º Batalhão da PM – Na quarta-feira (24), dia no qual se comemora o aniversário de 62 anos de emancipação política e administrativa do município, a programação terá início às 6h, na Avenida Gonçalves Dias, principal da Sede, com alvorada, queima de fogos e apresentação de bandas de Fanfarra.

Em seguida, às 8h30, acontece a inauguração da Escola Municipal do Miritiua, localizada na Estrada do Miritiua. Construída com recursos próprios da Prefeitura, a E.M do Miritiua possui um projeto arquitetônico arrojado, ótima infraestrutura (totalmente adaptada para receber portadores de necessidades especiais, dez salas de aula, cantina com refeitório, laboratório de informática, anfiteatro, quadra poliesportiva coberta, área para estacionamento, sala de professores, salas administrativas, dentre outras dependências) e terá capacidade para atender 800 alunos, divididos nos turnos matutino e vespertino, matriculados no Ensino Fundamental e Educação Infantil e que residem no Miritiua e bairros vizinhos, como Vila Alonso Costa, Parque Florêncio, Parque Araçagi, Parque Jair, dentre outros.

Às 11h, Gil Cutrim e representantes do Governo do Estado irão autorizar a construção do 13º Batalhão da Polícia Militar, que será implantado em um terreno doado pela Prefeitura e que fica situado no bairro J. Câmara, na Sede da cidade. O Batalhão, cuja obra será custeada pelo próprio governo estadual, quando estiver operando, deverá possuir um contingente de cerca de 400 homens que irão reforçar a segurança em toda Grande Ilha.

À tarde, às 17h, Cutrim entregará aos desportistas ribamarenses o novo Estádio Municipal Dário Santos, popularmente conhecido como “Caldeirão do Peixe”.

O novo Estádio, localizado no bairro Moropóia, na Sede, recebeu cobertura da arquibancada, que tem capacidade para 600 expectadores; implantação das cadeiras; instalação de alambrados; implantação dos acessos com catracas; construção dos bancos de reserva das equipes; implantação de sistema de drenagem do gramado e de sistema de iluminação; além de serviços diversos de acabamento.

No jogo de estréia, será realizado o confronto entre as Seleções Brasileira e Ribamarense de Master, partida que reunirá diversos craques que fizeram história no futebol nacional e maranhense, dentre eles Adílio, Amaral, Aldair, Beto, Marcelo Ramos, Alex Dias, Paulo Isidoro, Claudionor, Pires, Mauro, Dover, Edson Canguinho; dentre outros.

Às 20h, acontece culto ecumênico na Parça da Matriz, seguido do tradicional parabéns e corte do bolo. A partir das 21h, na Praça do Cruzeiro, na Avenida Gonçalves Dias, shows com DJs e as bandas Free Lance, Os Primos e Esfreque e Dance irão animar o público.

Na quinta pela manhã, será autorizada a construção da Unidade Básica de Saúde do bairro Recanto Verde. À tarde, acontece a tradicional Caminhada dos Idosos, com saída da Praça do Cruzeiro em direção a Igreja Matriz.
Na sexta-feira pela manhã, será autorizada a construção da nova Unidade Básica de Saúde do Miritiua e inaugurado o sistema de abastecimento d´água do Recanto do Turu.

À tarde, será entregue aos moradores da nova Unidade Básica de Saúde da Vila Sarney Filho. A partir das 18h, na área do santuário religioso, acontece o Festival de Fanfarras.

Centro Cultural – No sábado, último dia da maratona de trabalho, serão realizados no período da manhã o projeto Eco Cidadão (na E.M Diomedes Pereira); mutirão do Glaucoma (Centro de Especialidades e Diagnósticos da Sede); e passeio ciclístico, com saída do pólo turístico de Panaquatira. Ainda pela manhã, as 9h30, o prefeito Gil Cutrim autorizará o início da obra de construção do Centro Cultural, Turístico e de Convenções de São José de Ribamar.

O Centro será implantado em um terreno localizado na Avenida Gonçalves Dias e funcionará como um importante mecanismo incentivador do turismo de negócios, oferecendo aos visitantes uma infra-estrutura moderna – composta de auditório, anfiteatro, restaurante, lanchonete, praça de alimentação, terraço panorâmico, estacionamento, dentre outras dependências – capaz de absolver para a cidade eventos de grande porte.

Às 11h, será autorizada a obra de implantação do sistema de abastecimento d´água do povoado Itapari.

À tarde, a partir das 18h, a programação será encerrada com a realização da Marcha Profética.

Quatro ônibus e um micro-ônibus são incendiados na Grande São Luís

Ônibus foi incendiado no bairro Alto do Pinho (Foto: Reprodução)

Ônibus foi incendiado no bairro Alto do Pinho (Foto: Reprodução)

G1 MA

Quatro ônibus e um micro-ônibus foram incendiados neste sábado (20), em São Luís e São José de Ribamar, municípios da região metropolitana de São Luís. Em São Luís, os atentados aos ônibus aconteceram nos bairros Alto do Pinho, Santa Bárbara e na sede da empresa Viação Abreu, no Jardim São Cristóvão. Já em Ribamar, um micro-ônibus que presta serviços de transporte alternativo, também foi queimado. Segundo o coronel Marco Antônio Alves, comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) de São Luís, os ataques podem ter ligação com as recentes fugas do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. “Recebemos informações de que seria uma ação coordenada, cuja ordem partiu de dentro de Pedrinhas”, disse o militar.

O primeiro incêndio foi registrado no fim da manhã, no Alto do Pinho, quando quatro homens armados entraram no coletivo e roubaram pertences dos ocupantes. Após o roubo, todos os passageiros foram retirados do veículo e o coletivo foi incendiado. Uma unidade do Corpo de Bombeiros e uma guarnição da Polícia Militar foram encaminhadas para o local. Não há informações de feridos. A imagem foi passada ao G1 por policiais.

A ação mais audaciosa aconteceu na garagem da Viação Abreu. Segundo a polícia, um grupo invadiu o local e ateou fogo em dois ônibus, que ficaram completamente destruídos.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Maranhão (Stremma), Gilson Coimbra, afirmou que, após decisão da diretoria, todos os ônibus serão retirados das ruas neste sábado (20). Em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, o G1 ainda não obteve posicionamento do órgão sobre o assunto.

Em contato com a Rádio Mirante AM, o coronel Marco Antônio Alves afirmou que o ataque pode ter ligação com as recentes fugas do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. “Essa foi a informação que recebemos no Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). Que seria uma ação coordenada, cuja ordem partiu de dentro de Pedrinhas. Estamos com todos os comandantes de unidades policial nas ruas”, declarou.

Micro-ônibus também foi incendiado, mas em São José de Ribamar (Foto: Divulgação/Leylane Carvalho)

Micro-ônibus também foi incendiado, mas em São José de Ribamar (Foto: Divulgação/Leylane Carvalho)

Um outro ataque, mas a um micro-ônibus, também foi registrado em São José de Ribamar. Por volta das 14h, um grupo de jovens entrou no veículo, mandou todos os passageiros descerem e ateou fogo. Apesar de todo o veículo ter sido destruído, ninguém ficou ferido.

Ataques em janeiro
No mês de janeiro, uma criança de seis anos morreu após um ônibus ser atacado no bairro da Vila Sarney, em São Luís. Ana Clara Santos Sousa teve 95% do corpo queimado. Ela estava com a mãe e a irmã quando o veículo foi invadido e incendiado por homens armados. Onda de ataques que vitimou Ana Clara Santos Sousa começou depois de uma operação realizada pela Tropa de Choque da Polícia Militar no Complexo de Pedrinhas, com o objetivo de diminuir as mortes nas unidades prisionais do Estado.

Naquela oportunidade o Sindicato dos Rodoviários também anunciou a retirada dos ônibus, devido a falta de segurança.

Crise em Pedrinhas
Nos últimos dias, o Complexo Penitenciário de Pedrinhas ganhou destaque nacional pela sucessão de fugas e rebeliões. A crise acabou levando o secretário Sebastião Uchoa a deixar o cargo. O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Marcos Affonso, assumiu a pasta interinamente.

No dia 10 de setembro, 36 presos fugiram do Centro de Detenção Provisória. Outros quatro ficaram feridos na tentantiva de fuga, e um foi recapturado. A fuga ocorreu após um grande buraco ser aberto no muro do presídio. Integrantes de uma quadrilha usaram um caminhão, roubado no bairro Cidade Operária, em São Luís, para quebrar o muro da unidade.

Na segunda-feira (15), o diretor da Casa de Detenção (Cadet) foi preso por suspeita de facilitação de fugas de detentos, segundo informações da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) do Maranhão.

Um túnel foi descoberto na última quarta-feira (17), e treze detentos escaparam do Presídio São Luís I (PSL I). Uma nova tentativa de fuga foi registrada no mesmo dia, na Casa de Detenção. As imagens foram mostradas pelo repórter Alex Barbosa e o cinegrafista Miguel Nery, da TV Mirante, ao vivo, pela GloboNews. Presos pularam o muro da unidade mas foram contidos por policiais.

Roberto Rocha esclarece contrato de locação de imóvel da vice-prefeitura

roberto_rocha5

O candidato a senador Roberto Rocha (PSB), da coligação “Todos pelo Maranhão”, divulgou nota esclarecendo de que forma se dá o contrato de locação de um imóvel que abriga a sede da vice-prefeitura. De acordo com Rocha, que é vice-prefeito de São Luís, o contrato foi firmado em setembro de 2013 e foi pago por apenas cinco meses.

“O valor de R$ 1.070.880,94 (um milhão, setenta mil, oitocentos e oitenta reais e noventa e quatro centavos) informado no Portal de Transparência da Prefeitura Municipal refere-se a gastos relativos à Vice Prefeitura durante 1 ano e 8 meses da gestão. Do total, R$ 859.263,38 foram referentes a pagamento da folha de funcionários, que cumprem expediente na estrutura da Prefeitura, e R$ 211.617,56 para locação de veículos, locação do prédio, compra de passagens aéreas, entre outros”, explica Roberto.

Confira a nota:

Na condição de candidato ao Senado pela coligação “Todos pelo Maranhão, e com o intuito de esclarecer os fatos recentemente divulgados pela imprensa sobre suposto mal uso de dinheiro público no cargo que exerço desde janeiro de 2013, como vice-prefeito, informo:

1 – O contrato de locação do imóvel, localizado na Rua do Sol, Centro, para funcionamento da sede da Vice Prefeitura, foi firmado em setembro de 2013 e foi pago por apenas cinco meses, já que precisei me afastar do cargo para disputar o pleito 2014, e tão logo solicitei a suspensão do contrato de locação;

2 – Ao contrário do que foi divulgado, o contrato trata apenas de uma locação, cujo terreno contempla dois prédios. A escolha do mesmo foi dada à localização estratégica, próximo ao Palácio La Ravardière, e às características físicas similares à estrutura da sede da Prefeitura;

3 – Em referência à dispensa de licitação, o inciso X do artigo 24 da Lei de Licitações nº 8.666, de 1993, permite a compra ou locação de imóveis por dispensa de licitação;

4 – O valor de R$ 1.070.880,94 (um milhão, setenta mil, oitocentos e oitenta reais e noventa e quatro centavos) informado no Portal de Transparência da Prefeitura Municipal refere-se a gastos relativos à Vice Prefeitura durante 1 ano e 8 meses da gestão. Do total, R$ 859.263,38 foram referentes a pagamento da folha de funcionários, que cumprem expediente na estrutura da Prefeitura, e R$ 211.617,56 para locação de veículos, locação do prédio, compra de passagens aéreas, entre outros.

Finalizo reiterando que estarei sempre à disposição para esclarecer qualquer fato que venha a ser apontado com o intuito de denegrir a minha imagem, e que as medidas judiciais cabíveis já estão sendo providenciadas. Aproveito para reforçar o meu compromisso em trabalhar sempre em prol do povo maranhense, prezando pela justiça e responsabilidade.

Roberto Rocha

Quem avisa amigo é!

6357759479_1cfff1918a-300x300

*Renato Dionísio

Estamos praticamente na quinzena que antecede o pleito eleitoral deste ano. No Maranhão, este acontecimento reveste-se de importância e simbologia nunca antes vista, aqui e alhures. Mesmo na vitória do DR Jackson os ânimos não estiveram tão expostos. Estão mais expostos que dentina infectada. Sabem os Dinistas da inquestionável oportunidade de deter a última oligarquia do Brasil, para tanto, se não apoio contam com a simpatia nacional. Do outro lado o jus esperneandi demostra o desejo de não largar o suculento osso.

Esfacelado, o exercito Lobista tenta de todas as formas resistir. Mentiras são assacadas contra os adversários. Pesquisas reconhecidamente falsas são divulgadas, na vã tentativa de conter o estouro da boiada. E por fim o uso deletério e criminoso da máquina pública para a feitura de convênios, diga-se, em período vedado. Segundo comentam-se as prefeituras conveniadas gastarão parte do contratado na campanha oficial. É loucura ou não é? É pedir para macaco por a mão na cumbuca, logo explico.

Recorro a fértil memória do nosso povo, para lembrar que pouco antes da cassação de DR Jackson, seu governo celebrou convênios com entidades da sociedade civil e prefeituras, por todo Estado. Segundo noticiado, estes convênios seriam na ordem de R$ 800 milhões, que nem bem assumiu dona Roseana, mandou confiscar a força ou através da lei estes valores, para a burra estadual. No mérito, fui à época contrário a este gesto, por coerência, não poderia pensar agora de forma diversa.

No nosso entendimento, Flávio Dino, como democrata que é, nada fará para retomar os valores conveniados, entretanto, tem que desde logo, deixar claro que cobrará a correta aplicação destes valores. Tintin por tintin, cédula a cédula. Com lupa grande, estes convênios serão analisados. Cabendo pela dúvida, isto tem que ficar claro desde logo, a necessária tomada de conta especial. Se quem avisa amigo è. Macaco algum porá a mão no jarro. Prefeito olha como gasta, não sendo direito o pau te acha.

Poeta, compositor e produtor cultural

Justiça determina que IBOPE conceda relatórios à coligação de Flávio Dino

IBOPE (2)

Em até 2 dias, o instituto IBOPE contratado pelo Sistema Mirante de Comunicação deverá entregar à Coligação “Todos pelo Maranhão” as planilhas dos questionários que resultaram na 1ª pesquisa no instituto. O pedido foi deferido pela Justiça Eleitoral na tarde de ontem.

As pesquisas eleitorais podem ser fiscalizadas por todos os cidadãos. É o que diz a lei. Baseado nisto, a coligação “Todos pelo Maranhão” que defende a candidatura de Flávio Dino a Governador conseguiu o acesso a todos os questionários aplicados no Maranhão pelo instituto IBOPE.

Defendendo o direito amplo de “fiscalização das pesquisas eleitorais pelos partidos políticos, com acesso a informações e ao relatório entregue ao contratante da pesquisa (Lei 9504/97, art. 34, p. 1º, c/c a Resolução do TSE 23.400/2012)”, o juiz Ricardo Macieira determinou a entrega de todas as planilhas à coligação que reúne 9 partidos.

A entrega deverá ser feita por e-mail aos advogados da coligação até a próxima segunda-feira. De posse dos dados completos, a coligação poderá constatar eventuais problemas na condução da pesquisa.

A suspeita recai porque o Ibope foi o único instituto a divergir sobre os resultados da eleição para Governo e Senado. Segundo o levantamento do instituto, 18% dos maranhenses ainda estariam indecisos – o que, de acordo com especialistas, é extremamente difícil de ocorrer às vésperas de uma eleição.

O histórico do instituto também é duvidoso no Maranhão. Em eleições anteriores, o Ibope teve resultados marcados por dar vantagem a candidatos apoiados pelo grupo Sarney. Na eleição de 2006, quando Roseana Sarney perdeu a eleição para Jackson Lago, o instituto previa que o pleito seria decidido em primeiro turno com ampla vantagem para a filha de José Sarney.

O fantasma da fraude

fraude-do-foco-do-conceito-da-segurança-16674057

A 16 dias das eleições, um fantasma do passado ronda o processo eleitoral e coloca graves suspeitas sobre o pleito: a possibilidade de fraude. Em todas as rodas políticas, nas conversas de rua, nos blogs e jornais, aparece com elevada frequência a desconfiança de que algo de muito sinistro pode estar sendo armado para interferir decisivamente no resultado da eleição.

É um fantasma que assombra porque a política maranhense ainda é contaminada pelo coronelismo e pela certeza da impunidade. A história recente registra graves suspeitas de fraudes em 1994, quando Roseana Sarney foi eleita a primeira vez; e em 2010, quando a mesma Roseana venceu no primeiro turno em processo questionado pelo Ministério Público Eleitoral e depois denunciado pelo Procurador Geral da República.

Mas se assombra, deve ser enfrentado e combatido. Estão certos os que a todo instante denunciam a possibilidade de fraude e, sobretudo, os indícios. É pouco, contudo. Faz-se necessária uma ação cidadã, para além dos partidos, capaz de garantir eleições limpas no Maranhão.

Semana passada foi dado o alerta e entidades do peso da OAB se colocaram vigilantes. Com a proximidade do pleito é importante que a iniciativa se transforme em movimento permanente, em vigilância rigorosa, para que a vontade do povo seja respeitada.

Forte liderança política, vereador Marquinhos declara apoio a Flávio

marquinhos1

O vereador de São Luís, Marquinhos (PRB) anunciou oficialmente, nesta sexta-feira (20), apoio à candidatura de Flávio Dino (PCdoB) ao governo do Maranhão.

Uma das maiores forças políticas da Câmara Municipal e com forte atuação na Divinéia, Turu, Sol e Mar, Vila Luizão, bairros que correspondem a mais de 60 mil eleitores, Marquinhos afirmou ao editor do blog que agora entra com toda força na campanha de Flávio Dino na capital.

“Eu acredito que a cidade de São Luís necessita do governo do estado ajudando para que o prefeito possa fazer uma boa gestão e melhorar a vida do nosso povo sofrido e necessitado”, disse Marquinhos, uma das grandes lideranças populares de São Luís e com boa penetração nas camadas mais pobres da cidade.

O vereador anunciou que na próxima semana está programada a realização de uma grande caminhada com a presença de Flávio Dino.

Nota da Coligação Todos Pelo Maranhão

0022-500x371

Na madrugada dessa sexta-feira, o comitê da nossa coligação (situado à Av. Beira Mar) e a Prefeitura Municipal de São Luís foram alvo de depredações, pichações e até de ataques com coquetel Molotov. Vários outros prédios do Centro Histórico de São Luís foram pichados com mensagens ofensivas a nossa coligação, ao Prefeito de São Luís e ao nosso candidato.

Conforme documento publicado na imprensa, foram autuados promovendo tais atos os militantes da juventude do PMDB e cabos eleitorais da coligação “Pra Frente Maranhão”, Victor José de Alencar da Silva e Caíque de Souza Alvez, que foram conduzidos ao Plantão Central da RFFSA e depois liberados. Os militantes da JPMDB levavam consigo sprays, coquetéis molotov, rojões e material de campanha do candidato Lobão Filho.

Viemos a público condenar firmemente esses atos de violência. Eles são expressão de uma cultura política oligárquica, truculenta e intransigente, que não é mais aceita no Maranhão. Ações deste tipo maculam o processo eleitoral e demonstram a incapacidade do referido grupo político em conviver democraticamente com opiniões divergentes.

Contrários a esse modelo político, o nosso comportamento nesta campanha tem sido a defesa do debate pacífico de ideias, e assim iremos conduzir até o fim. Os atos da última madrugada são demonstrações de violência, que incluíram depredar prédios tombados pela UNESCO como Patrimônio Histórico da Humanidade; e se constituem em um inaceitável ataque à Democracia e à Liberdade dos cidadãos decidir em paz os rumos do seu Estado.

Já havíamos chamado a atenção da opinião pública para tentativas de tumultuar o ambiente eleitoral. Recentemente, Saulo Dino, irmão do nosso candidato a governador, foi monitorado, seguido e abordado por agentes da Polícia Militar sem justificativa.

Juntos, esses fatos reforçam as suspeitas de que pode estar em curso alguma armação, com vistas a gerar factoides e falsas notícias, numa desesperada tentativa de evitar a ampla vitória das forças da mudança que se desenha no horizonte do nosso Estado.

Diante dos fatos, decidimos tomar as seguintes providências:

1- Solicitar nova audiência junto à Secretaria de Segurança do Estado, para pedir providências à polícia a respeito dos atos de vandalismo e da participação dos senhores Victor José de Alencar da Silva e Caique de Souza Alvez, militantes da JPMDB e cabos eleitorais da coligação “Pra Frente Maranhão” nesse episódio. Eles agiram a mando de quem? Como obtiveram materiais ilícitos? Como foi o procedimento de sua liberação?

2- Denunciar o ato ao Ministério Público Eleitoral o crime realizado nesta madrugada, pedir investigação e punição dos culpados e de eventuais mandantes.

3- Conclamar as entidades da sociedade a reiterarem o apelo por eleições limpas no Maranhão e a vigilância permanente contra atos dessa natureza e outros que vem sendo praticados pela coligação governista que sustenta a candidatura do suplente de senador Edson Lobão Filho;

4- Alertar o Brasil, por todos os meios, e as autoridades de todos os poderes, para as ameaças crescentes de práticas violentas que agridem a democracia.

Chamamos a atenção da opinião pública para que fique atenta às armações, factoides e mentiras, que visam tumultuar o processo eleitoral, como aconteceu em 1994 com o famoso caso “Reis Pacheco”. Nossa coligação está vigilante e pedimos a toda a população que se junte a nós como fiscais da mudança, denunciando qualquer suspeita de manipulação da verdade nesta eleição.

Márcio Jerry Saraiva Barroso

Presidente do PCdoB/MA e representante legal da Coligação Todos pelo Maranhão

Prefeito Edivaldo entrega 12 veículos para atendimento domiciliar do PSF

Prefeito_Entrega_Carros_Assistencia_Basica_Saude_190914_HM_1639 (70)O prefeito Edivaldo entregou, nesta sexta-feira (19), 12 novos veículos para retomada do atendimento domiciliar do Programa Saúde da Família (PSF). As visitas estavam paralisadas há mais de cinco anos na capital e com a aquisição dos automóveis serão reativadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus). A iniciativa integra o conjunto de ações do Projeto Municipal de Qualificação, Articulação e Fortalecimento da Atenção Básica.

A frota possibilitará o atendimento de 47 unidades básicas de saúde, na realização de visitas domiciliares feitas por 108 equipes de profissionais integrantes à Estratégia Saúde da Família. “Nosso objetivo é disponibilizar à população unidades de saúde bem estruturadas, acompanhamento profissional qualificado e o mais próximo possível da comunidade”, afirmou o prefeito Edivaldo durante a entrega dos veículos.

O serviço prestará assistência a pacientes acamados, mães nas primeiras semanas pós-parto, convalescentes, idosos, hipertensos e diabéticos, que necessitem de atendimento e acompanhamento especializado. O serviço domiciliar se estende ainda ao trabalho de busca ativa para resgatar o tratamento de pacientes hansenianos que abandonaram a terapia.

O prefeito informou que esta semana esteve no Ministério da Saúde, onde reuniu-se com o ministro Arthur Chioro. Na oportunidade, o ministro garantiu mais recursos para a atenção básica de saúde em São Luís. “Solicitamos também mais ambulâncias para o SAMU e, em breve, nossa cidade contará com novos veículos prestando o atendimento de urgência”, disse.

No ato de entrega dos novos veículos, o prefeito Edivaldo destacou o Projeto de Qualificação, Articulação e Fortalecimento da Atenção Básica como uma ação prioritária da atual gestão na prevenção de doenças e no cuidado com as pessoas, para que usufruam de um atendimento com qualidade e humanizado. O projeto contempla uma gama de ações voltadas à área a partir de três eixos: revitalização das unidades, qualificação dos profissionais e conectividade dos dados de atendimento.Prefeito_Entrega_Carros_Assistencia_Basica_Saude_190914_HM_1639 (11)

Outras ações estão sendo executadas para reestruturar a rede municipal de saúde, como a reforma de 53 unidades básicas de saúde, as reformas do Socorrão I e II, a restauração e ampliação do Hospital da Criança, a aquisição de novas ambulâncias, as intervenções no Hospital da Mulher, entre outras medidas.

A secretária Helena Duailibe (Saúde) afirmou que o prefeito Edivaldo tem envidados todos os esforços para fazer com que a saúde em São Luís evolua em seus indicadores. “Trabalhamos pela melhoria em todos os níveis de atenção à saúde. Entretanto, estamos com um cuidado todo especial voltado à atenção básica, desenvolvendo um projeto revolucionário nessa área, porque entendemos que a saúde precisa ser estruturada na sua porta de entrada, que é o primeiro atendimento”, argumentou.

Participaram da solenidade de entrega dos veículos os vereadores Pavão Filho (PDT), Alencar Gomes (PDT), Marquinhos (PRB), Fátima Araújo (PRP), Batista Matos (PPS) e Anderson Martins (PRB), além dos secretários Rodrigo Marques (Governo), Geraldo Castro (Educação), Andréia Lauande (Criança e Assistência Social), Robson Paz (Comunicação); o presidente do Instituto de Previdência e Assistência do Município, Raimundo Penha; o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Francisco Gonçalves; o presidente do Instituto Municipal de Paisagem Urbana (Impur), Luiz Carlos Borralho.

VISITAS

Para início das visitas domiciliares, a Semus já elaborou o cronograma diário de atendimentos. O serviço será realizado por equipes do PSF, composta por um médico generalista, um enfermeiro, um auxiliar ou técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde.

Conforme a secretária Helena Duailibe, para que as pessoas tenham um atendimento ainda mais digno, o município está desenvolvendo uma gama de ações que vão desde a reforma das unidades básicas até o resgate de projetos importantes nessa área, como é o caso das visitas domiciliares realizadas pelas equipes do PSF.

Othelino Neto, uma opção que vale a pena

othelino 2 (2)

O editor do blog recomenda como opção no dia da eleição o candidato a deputado estadual Othelino Neto (PCdoB).

Em apenas dois anos, Othelino foi um dos parlamentares mais atuantes da Assembleia Legislativa.

Da bancada de oposição na Casa, Neto denunciou os desmandos da administração Roseana Sarney, criticou com embasamento o descaso instalado em diversos setores do governo e, sobretudo, desnudou bravamente os atos de corrupção da filha do senador José Sarney.

De postura firme e corajosa, na Assembleia Legislativa o deputado foi autor do requerimento que instalou a CPI dos combustíveis, tornando-se presidente da comissão parlamentar que investiga a formação de cartel pelos postos de combustíveis e os aumentos abusivos nos preços. Othelino foi o idealizador da audiência pública para discutir a carência dos serviços prestados pelas empresas de ferry boats e autor da lei que isentou os estudantes do pagamento da taxa de inscrição no Pases/Uema.

Foi de autoria dele também o projeto de lei que insere assistentes sociais e psicólogos na rede estadual de ensino. Elaborou ainda projetos de combate do trabalho escravo no Maranhão, de gratuidade para estudantes no transporte intermunicipal com o Fundo Estadual do Passe Livre Estadual e Projeto de Resolução que institui a Frente Parlamentar de Defesa da Pessoa com Deficiência.

Por todas essas ações desempenhadas com louvor em pouco tempo de mandato é que o deputado Othelino Neto, nome combativo, merece continuar na AL para ajudar, caso eleito, Flávio Dino no governo.

Página 1 de 62012345...102030...Última »