egamaNão está nada favorável para a deputada Eliziane Gama o ingresso no PSB. A deputada parece ter escolhido a pior forma, desagradando militantes e dirigentes do partido, que já reagiram em notas e entrevistas. Ela também conseguiu sinalizar mal para a sociedade e fornecer farto material para seus adversários.

O primeiro a reagir foi o Presidente estadual do PSB, prefeito Luciano Leitoa. Numa longa nota ele manifestou descontentamento com a forma desrespeitosa com que Eliziane Gama costurou a entrada no partido. Depois, também em nota, os militantes sociais do partido reclamaram do autoritarismo de Eliziane Gama, que “poderia ter discutido com a militância” e acertado a filiação. Por fim, o deputado Bira do Pindaré, também pré-candidato a prefeito, fez duras críticas à deputada.

Eliziane Gama foi convidada pelo senador Roberto Rocha a ingressar no PSB. Ocorre que em nenhum momento, segundo os vários relatos, o senador conversou com a direção da sigla. “O PSB não é partido de cacique em que as decisões são enfiadas goela abaixo”, reagiu um membro da executiva estadual.

Ao escolher o PSB, reclamam os socialistas, Eliziane agiu de forma “desonesta” com o deputado Bira do Pindaré, que já é declaradamente pré-candidato do partido à prefeitura de São Luís. “Ela está tentando passar por cima da pré-candidatura de Bira num ato autoritário e arrogante de desrespeito ao nosso partido”, desabafou outro dirigente.