flaviodutra

Prefeitos que sempre apoiaram a oligarquia e que nas últimas eleições (2010 e 2014) estiveram com o candidato do grupo Sarney podem se preparar para não ter o apoio do governador Flávio Dino.

Durante o lançamento do “Diálogos por Paço”, Flávio Dino afirmou que vai pra rua em favor dos que estiveram com ele. O governador ressaltou que precisa de prefeitos comprometidos com a mudança do Maranhão.

Vou ser leal com quem foi comigo. Meus aliados são os que andaram no sol e na chuva comigo. Quem chegou depois eu abraço, mas não tiro o lugar de quem esteve comigo no sol e na chuva. O governo não vai se envolver na eleição, mas eu sou militante político. Tenho o direito e o dever de participar em meu próprio nome. Vou opinar sobre o que acho o melhor caminho e pedir à população que, se possível, acompanhe esse pensamento”, assegurou Flávio Dino, em postagem do blog do Clodoaldo Corrêa.

Prefeitos e pretensos candidatos que sempre estiveram no colo e foram subservientes ao grupo Sarney, como Chico Gomes (Viana), Eric Costa (Barra do Corda), Vianey Bringel (Santa Inês), Josimar Sobreiro (Paço do Lumiar), Belezinha (Chapadinha), Zito Rolim (Codó), Filuca Mendes (Pinheiro), Antonio Carlos (Colinas), Ildon Marques (Imperatriz), Juran Carvalho (Presidente Dutra), Alexandre Almeida (Timon), Carlinhos Barros (Vargem Grande) entre outros, já sabem que não terão nenhum apoio de Flávio Dino.