O vídeo abaixo mostra um blac block sendo brutalmente espancado por populares que assistiam a um show em São Paulo. Como a PM não pode mais fazer nada contra os black blocs, o povo começa a ensaiar uma onda contra o grupo de arruaceiros. A cena lembra bem a violência dos… black blocs.

O fato é o seguinte: de tempos para cá a PM está sendo caçada por setores da imprensa no Brasil. Nenhuma ação policial, por mais evidente e necessária que seja, passa incólume. Tudo é repressão e opressão policial. Fatalmente os policiais do Brasil vão parar de fazer seu trabalho. Contudo, este vácuo será preenchido, mesmo que erroneamente, pela população.

Sem-título-312-300x279

Ainda no ano passado algumas pessoas já encaravam os manifestantes e black blocs como inimigos (a foto acima é de uma manifestação em Recife)

O linchamento desse rapaz em São Paulo é produto direto da perseguição que a polícia vem sofrendo. Ouso afirmar que se o pessoal deste show tivesse certeza que entregá-lo à polícia surtiria algum efeito, talvez ele não tivesse sido vítima do espancamento. Mas, vocês sabem como é,na dúvida, o povo costuma tomar suas próprias atitudes.

E, prestem mais atenção ainda, o presidente da Associação de Promotores de Eventos do Estado de São Paulo, William Santiago, é ovacionado ao convocar os participantes do evento para a “porrada” no black blocs.

Após o caso do fusca incendiado em que uma família quase foi carbonizada por estes arruaceiros, acredito que a irá da sociedade tende a aumentar. Os aplausos para William Santiago são apenas uma prova de que incentivo para os espancadores de black blocs não irá faltar.