São Luís - MA Pancadas de Chuva a Tarde 24°C 25°C

Coordenadora de campanha garante respeito aos partidos que apóiam Dilma no MA

Berenice Gomes participou de reunião com PC do B, PP, PDT e PROS, partidos que apóiam Dilma e Flávio Dino no combate à perpetuação do grupo Sarney no governo do Maranhão

Berenice Gomes, coordenadora da campanha de Dilma no Maranhão e os representantes dos partidos que apóiam Flávio e Dilma no Maranhão

Berenice Gomes, coordenadora da campanha de Dilma no Maranhão e os representantes dos partidos que apóiam Flávio e Dilma no Maranhão

Berenice Gomes, integrante do diretório nacional do PT e coordenadora da campanha de Dilma no Maranhão, e o coordenador executivo Augusto Lobato, foram recebidos nesta quinta-feira na sede do PCdoB pelos partidos da coligação Todos Pelo Maranhão e que integram a base do governo Dilma. Waldir Maranhão (PP), o vice-líder do governo na Câmara Weverton Rocha (PDT); Ramón , da Executiva do PROS e Márcio Jerry, presidente do PCdoB conversaram com Berenice e Lobato, que confirmaram que não há nenhuma previsão da presidente Dilma vir ao Maranhão.

Berenice Gomes também afirmou que todos os partidos que apoiam a presidente Dilma terão o mesmo respeito e será sempre mantido o diálogo com todos.

Recentemente, a militância petista inaugurou o comitê Flávio Dilma, uma iniciativa da militância petista, que apoia em peso a candidatura de Flávio. Os militantes se mostraram insatisfeitos com a decisão oficial do partido de apoiar a candidatura de Edinho Lobão.

João Alberto admite estar por trás de protestos contra prefeito Edivaldo

Do Blog do Gilberto Lima

“Eu não posso aparecer. Se eu aparecer, vão dizer que é política. Nem meu nome pode aparecer. Tudo eu levantava pois sabia da necessidade”.

Este é um dos trechos do áudio em que o senador João Alberto (PMDB) admite sua participação e do vereador Fábio Câmara (PMDB) nas manifestações em frente à Prefeitura de São Luís. As declarações ocorreram durante reunião com sindicalistas, esta semana, na Fetiema. Ouça a íntegra:

 

Coligação pede que Justiça obrigue Econométrica a mostrar banco de dados

Equipe Jurídica da coligação Todos pelo Maranhão encontrou a sede da Econométrica fechada.

Equipe Jurídica da coligação Todos pelo Maranhão encontrou a sede da Econométrica fechada.

Do site Maranhão da Gente

A Coligação Todos pelo Maranhão entrou com um pedido para que a Justiça verifique a possibilidade de o Diretor do Instituto Econométrica, Sérgio Oscar Zubicueta Goic, ter cometido crime, por conduta prevista na Lei 9504/97. O § 2º do Artigo 33 diz que não cumprir ou realizar atos que retardem, impeçam ou dificultem a ação fiscalizadora dos partidos constitui crime. A punição é feita com detenção de seis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo prazo, além de multa no valor de dez mil a vinte mil reais.

Entenda o caso:

O Instituto Econométrica descumpriu decisão do Juiz Federal Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da Comissão de Juízes Auxiliares. No dia 08 de julho, o Instituto Econométrica deveria disponibilizar, no prazo de dois dias, os questionários aplicados na pesquisa realizada por eles e publicada no Jornal O Imparcial no dia 26 de junho de 2014, preservada a identidade dos entrevistados. A Justiça também determinou que a coligação dos partidos de oposição tivesse acesso à sede da empresa, para conferir os questionários e o banco de dados.

A Econométrica, além de não ter enviado os dados solicitados, não atendeu a equipe jurídica da Coligação Todos pelo Maranhão. Na manhã da última quarta-feira (29), os advogados da coligação estiveram na sede do Instituto Econométrica, localizado no bairro do São Francisco, para visitar a empresa. Sérgio Oscar Zubicueta Goic, o diretor da instituição, não estava na sede não estava no loca, que estava fechado, entre 09h e 10h da manhã, e sem nenhum funcionário administrativo para prestar qualquer informação. Na sede da Econométrica, somente um pedreiro estava trabalhando, que informou que a esposa de Sérgio estava no local, mas que não poderia falar com a equipe, e que ele voltaria em uma hora. A equipe esperou o tempo determinado, mas ninguém apareceu. Foi tentado também contato telefônico com Sérgio por parte dos advogados, mas sem sucesso.

Ranking nacional aponta governo Edivaldo entre os mais transparentes

Prefeito Edivaldo determinou a transparência como uma das prioridades de governo ainda em janeiro do ano passado. Foto: A. Baêta

Prefeito Edivaldo determinou a transparência como uma das prioridades de governo ainda em janeiro do ano passado.
Foto: A. Baêta

A Prefeitura de São Luís é a primeira colocada no ranking nacional de transparência ao lado das Prefeituras do Rio de Janeiro e de João Pessoa. Essas três capitais obtiveram 6 pontos, na escala de 0 a 10 do estudo. Os dados constam de pesquisa inédita divulgada pelo portal do Instituto Nacional de Estudos Socioeconômico (Inesc). O Inesc é uma organização não partidária, sem fins lucrativos e não-governamental que atua no país desde 1979.

“Desde o início de nossa gestão temos nos preocupado em desenvolver uma política de diálogo e de transparência, que caminhe alinhada aos interesses da população. Fico feliz em ver o reconhecimento nacional da transparência com que temos conduzido a cidade, de maneira responsável, cautelosa e fidedigna na administração dos recursos”, disse o prefeito Edivaldo.

Segundo a pesquisa, a maioria das capitais brasileiras está distante da excelência no que se refere à transparência do ciclo orçamentário. Para alcançar um resultado positivo, o prefeito Edivaldo definiu a transparência como uma das metas prioritárias da gestão ainda no plano emergencial dos primeiros 120 dias de governo, lançado pelo prefeito em janeiro de 2013. Um dos primeiros procedimentos foi reativar o Portal da Transparência que estava desativado durante a gestão passada.

“O prefeito determinou à época que a administração iniciada se caracterizasse pelo máximo de transparência. Para isso, fizemos toda a adequação do sistema de informatização”, ressalta o secretário de Planejamento e Orçamento, José Cursino. No plano emergencial constavam várias ações destinadas, especificamente, para aproximar da excelência a transparência do ciclo orçamentário.

Segundo o secretário, durante este período foram realizadas pesquisas junto aos portais de transparência de todas as capitais brasileiras e de órgãos do governo federal. Embora seja objeto de Lei federal, na avaliação do secretário José Cursino, prefeituras e governos ainda não têm obedecido integralmente a Transparência da aplicação dos recursos. “No caso de São Luís, houve a orientação do prefeito para que a Lei fosse seguida à risca”, destaca Cursino.

Responsável técnica pelo Portal da Transparência, a secretária de Informação e Tecnologia, Tati Lima, reativou ainda no início do ano passado o sistema adquirido pela Prefeitura. “Passamos a funcionar como um sistema integrado, disponibilizando todos os módulos para que as secretarias alimentassem com informações”, explica Tati Lima.

Na avaliação da secretária, a melhoria da disponibilidade de dados é resultado da decisão do prefeito de priorizar a transparência sobre os dados orçamentários desde os primeiros dias da atual gestão. Ela acredita que a posição destacada do Portal da Transparência no ranking nacional é o reconhecimento do trabalho entre as secretarias, sendo que a Semit responde pelo conjunto de informações e manutenção do sistema.

O levantamento divulgado no portal do Inesc foi desenvolvido em parceria com a Gpopai-USP e financiado pela Web Foundation – entidade dirigida pelo britânico Tim Berners-Lee, um dos criadores da internet. Para montar o ranking das capitais, os responsáveis pela pesquisa avaliaram os 8 Princípios de Dados Abertos.

Os pontos foram conquistados por São Luís devido às informações orçamentárias serem completas (continham dados sobre receitas e despesas), processáveis (dados estruturados para possibilitar o seu processamento automatizado), não discriminatórios (dados disponíveis a todos, sem que seja necessária a identificação de registro), não proprietários (os dados estão disponíveis sobre um formato sobre o qual nenhum ente tenha controle exclusivo) e acessíveis (dados disponíveis para o público mais amplo possível, quando foi utilizada a tabela E-MAG de acessibilidade).

NOTA MÁXIMA

Os dados foram levantados em novembro de 2013. Das 27 capitais estudadas, nenhuma obteve nota máxima. Além das capitais, foram estudados os portais do Governo Federal (Portal da Transparência) e do Senado (Portal Siga), estes dois obtiveram 5 pontos.

A análise faz parte da etapa quantitativa da pesquisa “Avaliando os websites de transparência orçamentária nacionais e sub-nacionais e medindo impactos de dados abertos sobre direitos humanos no Brasil”. Essa fase contou com a parceria do Gpopai-USP  e teve o objetivo de mensurar o alcance das regras impostas pela nova  legislação brasileira em relação à transparência orçamentária em formato de dados abertos.

O estudo conta com metodologia mista (quantitativa e qualitativa) e utiliza como base para análise de dados o Decreto 7.185/2010 , que dispõe sobre o padrão mínimo de qualidade do sistema integrado de administração financeira e controle da Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527/2011), e os 8 Princípios de Dados Abertos.

ETAPA QUALITATIVA

A análise também contou com uma fase qualitativa que teve o objetivo de complementar as informações adquiridas na etapa quantitativa. Esta etapa foi realizada por meio de entrevistas com representantes de organizações da sociedade civil, do governo, da academia e da mídia, usuários de dados abertos que usam com frequência os websites de transparência.

A ideia foi captar a percepção desses usuários, que têm que acessar informações quase que diariamente e produzir outros insumos para o público, como artigos, aplicativos, incidência política, formação de movimentos sociais, entre outros. Os resultados vão de encontro ao que foi captado na pesquisa quantitativa: em alguns casos, há dificuldades no acesso, seja porque os dados estão em formato fechado (PDF, por exemplo), seja porque são bases muito complexas, ou seja, pouco amigáveis ao cidadão comum; em outros casos, há restrições, como necessidade de cadastros, o que fere o princípio de “não discriminar” o acesso aos dados.

Há ainda casos em que a profusão de bases dentro de um mesmo governo confunde o usuário, na medida em que apresentam dados diferentes para uma mesma política pública. E por fim, há casos em que simplesmente, não há dados abertos do recurso público de um determinado órgão, o que é gravíssimo e contra a lei. Em geral os usuários têm invocado a Lei de Acesso à Informação nestes casos, mas muitas vezes o processo para uma resposta efetiva é lento e burocrático.

Para selecionar os entrevistados foi necessário elencar os grupos interessados em dados abertos no Brasil e mapear algumas pessoas para entrevistas. Entre as organizações que participaram estão o Centro Feminista de Estudos e Assessoria (CFEMEA), Open Knowledge Brasil (OKF Brasil), O Estado de S. Paulo, Agência Pública, Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e Secretaria Geral da Presidência da República.

Roseana utiliza band-aid para fazer campanha ilegal de Edinho

Roseana: band-aid depois do ringue com Edinho Lobão

Roseana: band-aid depois do ringue com Edinho Lobão

Depois da briga que teve com Edinho Lobão no Palácio dos Leões, a governadora Roseana Sarney utilizou um band-aid para fazer campanha do próprio Edinho durante visita oficial nesta quarta-feira às obras do Parque Industrial, em Timon.

Além de infringir a legislação eleitoral – isso pra ela pouco importa -, Roseana utilizou um curativo descartável com a marca do Lobinho para deixar claro que por mais que ele apregoe pelo interior do estado que sente vergonha do seu governo e dele tente se diferenciar, o nome Lobão está em sua mão direita e que dela depende para ter alguma competitividade nestas eleições.

Roseana pode ser tudo, menos tola; e ele que não venha cuspir no prato em que comeu.

Edinho que se comporte e que faça o seu discurso de “renovação” sem atingir-lhe a honra, como fizera em Sucupira do Norte ao dizer que mandou R$ 4 bilhões para o Maranhão, e ela gastou R$ 780 milhões sem que a estrada reivindicada pela população tenha sido feita.

A mão que exibe o band-aid é a mesma que libera os convênios!

Quem avisa governadora é…

Econométrica descumpre ordem judicial e esconde dados de pesquisa

Os advogados da coligação Todos pelo Maranhão barrados na Econométrica

Os advogados da coligação Todos pelo Maranhão barrados na Econométrica

Na manhã desta quarta-feira (30/jul), o Instituto Econométrica descumpriu uma ordem judicial que determina que a coligação Todos Pelo Maranhão tenha acesso ao banco de dados e questionários da pesquisa publicada no jornal O Imparcial, no dia 26 de junho de 2014.

A pesquisa já havia sido alvo de questionamento judicial por conter perguntas que induziam a manipulação da resposta dos eleitores a favor do candidato do grupo Sarney, Edinho Lobão (PMDB).

A decisão do Juiz Federal Ricardo Felipe Rodrigues Macieira, da Comissão de Juízes Auxiliares determinou, no dia 08 de julho, que o Instituto Econométrica deveria disponibilizar, no prazo de dois dias, os questionários aplicados na referida pesquisa, preservada a identidade dos entrevistados. A Justiça também determinou que a coligação dos partidos de oposição tivesse acesso à sede da empresa, para conferir os questionários e o banco de dados. Veja decisões abaixo:

A Econométrica, por sua vez, enviou e-mail à equipe jurídica com o acesso à informação e disse também que iria juntar os documentos requeridos ao processo, porém, os documentos enviados não foram os solicitados.

A equipe jurídica da Coligação Todos pelo Maranhão esteve na manhã desta quarta-feira na sede do Instituto Econométrica, localizado no bairro do São Francisco, para visitar a empresa, já que a decisão judicial também garante o amplo acesso da equipe ao local em horário comercial. O sócio administrativo Sérgio Oscar Zubicueta Goic não estava na sede da empresa, que estava fechada, entre 09h e 10h da manhã, e sem nenhum funcionário administrativo para prestar qualquer informação.

Na sede da Econométrica, somente um pedreiro estava trabalhando, que informou que a esposa de Sérgio estava no local, mas que não poderia falar com a equipe, e que ele voltaria em uma hora. A equipe esperou o tempo determinado, mas ninguém apareceu. Foi tentado também contato telefônico com Sérgio por parte dos advogados, mas sem sucesso. Com o fato, a Econométrica descumpre a ordem judicial para esconder os questionários da sua pesquisa, suspeita de manipulação em favor do candidato Edinho Lobão.

VEJA DETALHES DA ORDEM JUDICIAL

eco1eco2

Othelino inaugura comitê em São Luís e lança candidatura a deputado

Othelino: campanha a todo vapor

Othelino: campanha a todo vapor

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) lança, oficialmente, sua candidatura à reeleição na Assembleia Legislativa e inaugura comitê de campanha, em São Luís, nesta quarta-feira (30), às 18h, na Avenida Jerônimo de Albuquerque, Vinhais, ao lado do Eletro Mateus e próximo ao Posto Brasil.

O evento político contará com a presença do candidato ao governo do Estado pela coligação “Todos pelo Maranhão”, Flávio Dino (PCdoB).

Flávio Dino gravou vídeo convidando a todos para se fazerem presentes na inauguração do comitê e lançamento da candidatura de Othelino à reeleição.

Embratur divulga nota para desmentir ataques à gestão de Flávio Dino

flavio-dino embraturA Embratur, órgão do governo federal que promove turismo brasileiro no exterior, divulgou nota hoje (29/jul) desmentindo denúncias contra a gestão de Flávio Dino à frente da instituição. Flávio foi presidente da Embratur de junho de 2011 a março de 2014, durante o governo Dilma Rousseff.

A Embratur afirma que “tem verificado que seu nome está sendo utilizado indevidamente no processo eleitoral do ano em curso”. E informa que a Procuradoria Federal da Embratur está “apurando as ocorrências para tomar as providências cabíveis, a fim de resguardar a imagem institucional do órgão”.

Leia a seguir a nota na íntegra:

A Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) tem verificado que seu nome está sendo utilizado indevidamente no processo eleitoral do ano em curso. Sendo assim, informa que a Procuradoria Federal do Instituto está apurando as ocorrências para tomar as providências cabíveis, a fim de resguardar a imagem institucional do órgão.

Informa, também, que não há qualquer irregularidade nas contas da Embratur, que constam como aprovadas pela CGU (Controladoria Geral da União), bem como pelos demais órgãos de controle da União.

A respeito do Contrato nº 12/2009 com a empresa CPM Braxis, a Embratur destaca que a renovação do contrato realizada em 2012 foi precedida de pesquisa de preços de mercado e de análises técnica e jurídica favoráveis.

Edivaldo entrega 10 ambulâncias novas para a rede municipal de saúde

Edivaldo melhora atendimento à saúde em São Luís

Edivaldo melhora atendimento à saúde em São Luís

O prefeito Edivaldo entregou na manhã desta terça-feira (29) dez novas ambulâncias para o transporte de pacientes internados nas unidades da rede municipal de saúde. As ambulâncias, que foram adquiridas com recursos do Tesouro Municipal, são dotadas de suporte de média complexidade e vão atuar no translado de doentes que necessitam ser removidos para outros hospitais ou para realizar exames clínicos fora das unidades.

“Com a entrega dessas ambulâncias avançamos mais um passo na área da saúde, melhorando significativamente a segurança na transferência de nossos pacientes e, também, o tempo-resposta de mobilização destes para a realização de exames clínicos em outras unidades da rede. Em breve, a Prefeitura também entregará novas ambulâncias para atender ao Samu, que teve o atendimento ampliado em nossa gestão”, disse Edivaldo.

A secretária de Saúde, Helena Duailibe, informou que as ambulâncias vão atuar no transporte de pacientes internados em todas as unidades mistas, no Socorrão I e II, Hospital da Criança, Pronto-Socorro do Anil e na Maternidade Nazira Assub, onde o veículo fará a transferência de gestantes e bebês que venham a necessitar de atendimento mais complexo.

Prefeito_Entrega _ Ambulancias__290714_foto Honorio Moreira__9420

Ambulâncias novas vão reforçar atendimentos nas unidades de saúde do município

“São iniciativas como esta que, somadas a outras já em pleno andamento, vêm contribuir para otimizar o conjunto de ações desenvolvidas para melhorar a Saúde no nosso município. Essas ambulâncias vão servir no apoio, na complementação e no reforço dos serviços médicos prestados nas unidades hospitalares municipais”, disse Helena.

Uma das ambulâncias entregues pelo prefeito nesta manhã será destinada para o atendimento na Unidade Mista do Coroadinho, entregue recentemente à população totalmente reformada. O líder comunitário do bairro, José Conceição Pereira, esteve presente à solenidade de entrega das ambulâncias nesta terça e agradeceu mais esse benefício para a comunidade. “Era um pleito antigo que aguardávamos com grande ansiedade e que agora recebemos com muita alegria”, disse.

Dos dez novos veículos, um também será direcionado ao programa Consultório na Rua, que tem como objetivo prestar atendimento à população em situação de rua. O programa está na fase de implantação e atenderá, em princípio, o bairro do João Paulo, especialmente na área conhecida como cracolândia.

​ Folha destaca campanha nacional para o “Maranhão derrotar o Sarney”

Flávio Dino: campanha nacional para derrotar Sarney no Maranhão

Flávio Dino: campanha nacional para derrotar Sarney no Maranhão

O jornal Folha de S. Paulo destacou nesta terça-feira (29/jul), em sua coluna Painel, que a coligação Todos pelo Maranhão, comandada por Flávio Dino, vai lançar, nesta quarta-feira (29), a campanha “Ajude o Maranhão a derrotar o Sarney”. O lançamento ocorrerá amanhã, no Rio Poty, em São Luís, durante o encontro de movimentos sociais com Flávio para assinatura do Pacto por um IDH Justo.

A campanha ficará centrada em um site, a ser lançado amanhã, que permitirá doações de eleitores maranhenses e de outros estados para ajudar a financiar a campanha de Flávio Dino. O site também terá um cadastro para voluntários que queiram vir ao Maranhão ajudar na fiscalização das eleições.

flávio folhaA coligação Todos pelo Maranhão reúne todas as forças políticas do estado que lutam pela derrota do grupo Sarney, alojado há 50 anos no comando do governo estadual. Ao longo desse período, o Maranhão acumula as piores posições no ranking do IDH – índice da ONU que mede a qualidade de vida de cidadãos do munto inteiro. O Maranhão é o penúltimo estado em expectativa de vida e detém a pior marca em mortalidade infantil. Os maranhenses são atendidos pelo menor número de médicos e de policiais por habitante do país. Entre 2009 e 2013, o Maranhão seguiu o caminho inverso do Brasil no quesito Educação. O número de analfabetos cresceu no estado – passando de 19,1% dos maiores de 15 anos para 20,8% nesta faixa etária.

O site da campanha estará disponível a partir desta quarta-feira à noite na página oficial da coligação Todos pelo Maranhão: www.flavidino65.com.br

Página 1 de 39912345...102030...Última »