Prefeitura implanta faixas de pedestres no Centro de São Luís

MG 022A Prefeitura de São Luís implantou 17 novas faixas de pedestre na região central da cidade. O trabalho de revitalização da sinalização horizontal da cidade está sendo realizado desde fevereiro e já beneficiou outros bairros, como Cidade Operária, Itaqui-Bacanga, Alemanha e Monte Castelo.

“A mobilidade urbana passa pela organização dos veículos e dos serviços entregues aos usuários. A sinalização horizontal adequada, além de trazer aumento da segurança para os pedestres, faz parte de uma série de ações planejadas para dar fluidez ao trânsito e melhorar o deslocamento da população no dia a dia”, afirma o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

Durante o início desta semana, o secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros, visitou as áreas já sinalizadas no Centro e destacou que o serviço será estendido a outras áreas da cidade, priorizando escolas e locais de grande fluxo de pedestres e de veículos.

Além da passagem para os pedestres, a SMTT também está reforçando a sinalização vertical e eletrônica, com a manutenção de semáforos e barreiras eletrônicas. Os locais para a instalação das barreiras eletrônicas estão sendo reavaliados, considerando o crescimento da cidade e o surgimento de novos pontos críticos para o trânsito.

O trabalho para a melhoria da mobilidade urbana na capital também inclui ações de reengenharia do tráfego. Alguns trechos já sofreram intervenções garantindo melhorias para o fluxo de veículos como na região em frente ao Parque do Bom Menino e a interseção da estrada de Ribamar com a estrada da Maioba. Outras intervenções estão previstas e devem beneficiar bairros como Anil e São Francisco.

Publicado em Política | Deixar um comentário

Deu no D.O.

Só saúde – A Prefeitura de Araioses fechou com a R. L. Vieira -ME – NEOFARMA contrato para aquisição de medicamentos, material hospitalar, laboratório e material odontológico no valor total de R$ 2.717.229,52 (dois milhões, setecentos e dezessete mil, duzentos e vinte e nove reais e cinquenta e dois centavos). O documento, com base em pregão presencial, foi assinado em 6 de janeiro.

Tapa buracos – Chega a R$ 1.259.001,65 (um milhão, duzentos e cinquenta e nove mil, um real e sessenta e cinco centavos) o valor total dos dois contratos que a Prefeitura de Campestre do Maranhão fechou com a mesma empresa, a Gauss Engenharia e Premoldado de Concreto Ltda., para pavimentação de vias urbanas do município.

Em miúdos – A pavimentação de vias em AAUQ e drenagem superficial com meio fio e sarjeta em concreto de Campestre do Maranhão custará R$ 419.455,27 (quatrocentos e dezenove mil, quatrocentos e cinquenta e cinco reais e vinte e sete centavos) e a empresa tem 90 dias, a partir da data da assinatura do documento, para realizar o serviço. Já a pavimentação das ruas Mato Grosso, Minas Gerais e Curió sairá por R$ 839.546,38 (oitocentos e trinta e nove mil, quinhentos e quarenta e seis reais e trinta e oito centavos), com prazo de 180 dias. Os extratos publicados no D.O. não informam a data de assinatura dos contratos.

Saúde na trilha - J. J. Locadora Produções e Eventos Ltda. prestará serviços de locação de veículos para a Prefeitura de Barra do Corda no valor de R$ 832.000,00 (oitocentos e trinta e dois mil reais). O contrato vale durante o período de 14 de fevereiro a 31 de dezembro de 2014 e foi assinado em 14 de fevereiro deste ano.

Boa impressão – Os serviços gráficos da Prefeitura de Viana neste ano serão realizados pela Empresa Gráfica e Editora Nortesul, que firmou contrato  de R$ 1.059.000,00 (um milhão e cinquenta e nove mil reais). O contrato, assinado em 7 de fevereiro, vale até 31 de dezembro de 2014.

Carteirada – A Prefeitura de Itapecuru-Mirim está investindo na compra de carteiras escolares para a rede pública de ensino, com gasto total de R$ 1.357.000,00 (um milhão, trezentos e cinquenta e sete mil reais) distribuídos em três contratos, todos por pregão. A empresa M.N.S Costa Oliveira firmou contrato no valor de R$ 440.000,00 (quatrocentos e quarenta mil reais); Selma Regina L. Sousa tem contrato de R$ 176.000,00 (cento e setenta e seis mil reais) e a A.C. Correa Castro Comércio EPP ficou com o maior deles, no valor de R$ 741.000,00 (setecentos e quarenta e um mil reais). Os três documentos foram assinados em 14 de fevereiro e valem até 31 de dezembro de 2014.

Padrão Fifa – O Estado do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde fechou com a Construtora Centauro Ltda – EPP uma megaoperação de manutenção da sede da secretaria,ao custo de R$ 955.383,15 (novecentos e cinquenta e cinco mil e trezentos e oitenta e três reais e quinze centavos). A empresa será responsável pela manutenção preventiva e corretiva predial nas instalações civis, elétricos, hidráulicos, hidrossanitários, pluvial, marcenaria, serralheria, vidros, mobiliário, portas automáticas, poço artesiano e componentes, equipamentos mecânicos e hidromecânicos. São 425 dias de prazo para concluir os trabalhos e o contrato foi assinado em 14 de fevereiro deste ano.

Na limpeza – A Prefeitura de Riachão está investindo R$ 1.914.144,00 00 (um milhão, novecentos e quatorze mil, cento e quarenta e quatro reais) em serviço de limpeza pública. Vencedora do pregão presencial, a Projeto Construtora e Empreendimentos Ltda – ME será responsável pela varrição, podagem, capinação, coleta e transporte de lixo e entulhos nas vias e logradouros públicos do município por um período de 12 meses. O documento foi assinado em 6 de janeiro de 2014.

Na limpeza 2 – A Prefeitura de Trizidela do Vale investiu um pouco menos no mesmo tipo de serviço: R$ 746.500,00 (setecentos e quarenta e seis mil, quinhentos reais). A RR Empreendimentos e Serviços Ltda. fará, diariamente, a limpeza pública, coleta, afastamento de lixo e operação do destino final. O contrato foi assinado em 10 de fevereiro de 2014.

Dose dupla – A Prefeitura de São Benedito do Rio Preto fez dobradinha com a M. B. Marinho & Cia Ltda – ME para obras e serviços de engenharia de implantação e recuperação de estrada vicinal no valor total de R$ 800.829,83 (oitocentos mil, oitocentos e vinte e nove reais e oitenta e três centavos). Os dois contratos, por concorrência, valem, respectivamente, R$ 146.042,40 (cento e quarenta e seis mil, quarenta e dois reais e quarenta centavos) e R$ 654.787,43 (seiscentos e cinquenta e quatro mil, setecentos e oitenta e sete mil e quarenta e três centavos) e têm o mesmo prazo de execução, de 90 dias. Os documentos foram assinados na mesma data, em 16 de dezembro de 2013.

Tanque cheio – Só com a empresa E Ribeiro Soares Teixeira, a Prefeitura de Mirinzal assinou quatro contratos, por pregão presencial, para aquisição de combustíveis no valor total de R$ 1.387.572,00 (um milhão, trezentos e oitenta e sete mil, quinhentos e setenta e dois reais). Os contratos foram assinados entre 31 de janeiro e 6 de fevereiro e valem até 31 de dezembro de 2014.

Em miúdos – Os contratos de Mirinzal beneficiarão as secretarias de Saúde (R$ 171.600,00 – cento e setenta e um mil e seiscentos reais); Educação (R$ 193.104,00 – cento e noventa e três mil e cento e quatro reais); Assistência Social e Trabalho (R$ 193.104,00 – cento e noventa e três mil e cento e quatro reais); e Administração (R$ 829.764,00 – oitocentos e vinte e nove mil, setecentos e sessenta e quatro reais).

Publicado em Política | Deixar um comentário

PDT abdica da vice e se transforma em protagonista da vitória das oposições

Julião Amim entre o deputado Rubens Júnior e o pré-candidato Flávio Dino: oposição avança

Julião Amim entre o deputado Rubens Júnior e o pré-candidato Flávio Dino: oposição avança

O PDT mostrou maturidade ao definir que mesmo que não indique o candidato a vice-governador continuará apoiando Flávio Dino, como candidato ao governo pelas oposições.

É salutar que sem candidato a presidente da república o partido entenda a importância para as oposições a participação do PSDB de Aécio Neves em uma grande frente para derrotar a oligarquia Sarney no Maranhão, que ainda conta com o PSB, de Eduardo Campos,  a militância do PT e a torcida da presidente Dilma Rousseff.

É o País se unindo independente das diferenças partidárias para libertar o Maranhão do julgo de uma família que está no poder há mais de 40 anos.

A união dos candidatos a presidente em torno de Flávio Dino revela que querem livrar não somente o nosso estado, mas o Brasil do velho oligarca.

O palanque de Flávio Dino será um caso único na história política do País.

PDT PSDBE aí vem o mérito do PDT, considerado o maior partido de oposição no estado, com mais de 50 mil filiados. O presidente estadual da legenda, Julião Amim, em entrevista ao jornal O Imparcial deixou claro que a sua preocupação é com a vitória da oposição e não por ocupação de cargos.

A atitude do PDT demonstra que pela primeira vez as oposições marcharão unidas sem se deixar levar pelas intrigas e vaidades, a que sempre se utilizou o senador amapaense para dividi-la  e assim ganhar as eleições.

Vale também ressaltar os gestos do deputado Federal Domingos Dutra e do ex-governador José Reinaldo Tavares que abdicaram da candidatura ao Senado para apoiar Roberto Rocha como candidato único, ao contrário de 2010 quando  Tavares, o ministro Édson Vidigal e o próprio Rocha disputaram a Câmara Alta, sem que nenhum deles se elegesse.

Ao abdicar da vice o PDT cresce em importância na  coligação e será um dos protagonistas da vitória na urnas.

Agora vai!

Publicado em Política | 6 comentários

Petista admite que Roseana Sarney descartou propostas do partido

Maranhão da Gente

berenice gomes

Em entrevista, Berenice Gomes, dirigente do PT maranhense, afirma que algumas das principais propostas apresentadas pelo partido ao governo Roseana Sarney, da qual o PT faz parte, mas atualmente conta com poucos espaços, acabaram sendo descartada de forma unilateral pelo Palácio dos Leões.

Ela destacou  a implantação de um Plano Estadual de Apoio a Agricultura Familiar, através da criação da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Famíliar (SEDAGRO) que foi criada por Roseana Sarney, mas posteriormente deixada de lado pela governadora. “Houve uma reforma unilateral, sem que fôssemos ouvidos, que enfraqueceu a política de desenvolvimento rural e ainda complicou a área de Direitos Humanos, com a fusão da SEDES, juntando a área da Assistência Social com da de Direitos Humanos, quebrando, inclusive, a lógica do sistema e da política de Assistência. Isto afastou a base social, e ainda os movimentos sociais que vinham dialogando, por meio da Vice-Governadoria” comentou Berenice Gomes.

Em 2010, quando articulava o apoio do PT para disputar a reeleição, Roseana Sarney garantiu a secretaria de Educação para a legenda, além de outros espaços no executivo e assegurou o posto de vice na chapa majoritária. No final do mandato, o PT, que já tinha ficado sem a Secretaria de Educação, não tem mais a Vice-Governadoria e ocupa espaços cada vez menores dentro da estrutura do governo do estado.

Publicado em Política | Com a tag , , | 4 comentários

Faltam virtudes a Edinho Lobão

LOBÃO NO PLENÁRIO DO SENADONo atrapalhado processo de substituição de Luís Fernando por Edinho Lobão, entre tantos erros primários cometidos pela oligarquia Sarney, um chama especial atenção: escolheram um candidato sem qualquer atributo que permita montar um discurso de defesa do seu nome.

Com Roseana, havia o discurso da “guerreira” que vencia todas suas doenças. Com o fraco Luís Fernando, havia a tentativa de montar uma imagem de gestor competente. Mas com Edinho nada sobrou. Ele nunca exerceu qualquer função administrativa. Nunca foi eleito a nada, a não ser a suplente do próprio pai, num escandaloso caso de nepotismo. E Edinho tem telhados de vidro, de ouro, de brita, e muito mais.

Cientes dessa dificuldade, os jornalistas e blogueiros da oligarquia não conseguem fazer uma reportagem positiva sobre o candidato Edinho Lobão.  O que dirão ? Que ele foi escolhido porque ninguém mais queria e ele foi o que restou ? Para tentar conter a debandada geral nas hostes da oligarquia, o único jeito é recorrer as táticas do “jogo bruto”: promessas de convênios, chantagens, mentiras e fofocas.

Contudo, tudo indica que a classe política do interior não vai querer afundar nessa aventura. Até porque a comandante Roseana Sarney Murad foi a primeira a abandonar esse barco furado. E já prepara sua mudança para Miami.

(Marrapá)

Publicado em Política | Com a tag , , , | 3 comentários

Caema abre concurso para 1.325 vagas

G1

caemaA Companhia de Água e Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) divulgou edital concurso público para 1.325 vagas para cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários variam entre R$ 724,00 e R$ 2.649,58.

O concurso é organizado pelo Instituto Brasileiro de Educação e Gestão (IBEG). Do total de vagas, 176 são para preenchimento imediato e 1.149 para cadastro de reserva. As jornadas são de 44 horas semanais. Os valores das inscrições, que já estão abertas e podem ser feitas até o dia 7 de maio deste ano, variam entre R$ 45,00 e R$ 80,00.

As provas serão realizadas no dia 15 de junho em nove municípios maranhenses. Os candidatos que concorrerem às vagas de nível fundamental terão que responder 30 questões objetivas (língua portuguesa e matemática). Já as provas de níveis médio (língua portuguesa, matemática e informática) e técnico (língua portuguesa, matemática, informática e conhecimentos específicos) terão 40 questões. As provas de nível superior (língua portuguesa, matemática, informática e conhecimentos específicos) exigirão também uma redação, com tema a ser proposto.

O candidato que necessitar de condições especiais, excluindo-se o atendimento domiciliar e hospitalar, deverá preencher o Requerimento de Condições Especiais para realização das provas e enviar no endereço eletrônico www.ibeg.org.br ou www.ibegconcursos.com.br até o dia 8 de maio deste ano.

Os candidatos dos cargos de nível fundamental que pretendem preencher as vagas de auxiliar de serviços e obras de saneamento terão que se submeter à prova de aptidão física. Os resultados do concurso serão disponibilizados, em data a ser divulgada no site www.ibeg.org.br ou www.ibgeconcursos.com.br.

Publicado em Geral | Com a tag , , | Deixar um comentário

Governador do PT defende apoio a Flávio Dino no Maranhão

tarso flavio dino

Governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT) é mais um grande nome do PT nacional a declarar apoio a Flávio Dino (PCdoB) na disputa pelo governo do Maranhão. Pelo twitter, Tarso Genro declarou que apoia os petistas que apoiam Flávio Dino.

“No Maranhão eu votaria, sem dúvida, no Flávio Dino. Estou com os petistas que estão com ele,” declarou logo cedo pelas redes sociais. Tarso Genro foi ministro da Educação e da Justiça no governo do ex-presidente Lula.

A declaração de Genro vem num momento em que grande parte da militância do PT no Maranhão realiza um forte ato de apoio a Flávio Dino. Com o lançamento da Carta de Apoio às Mudanças no Maranhão, dirigentes e vereadores do PT de dezenas de cidades maranhenses declararam também que farão parte da base de apoio à pré-candidatura de Flávio Dino, que tem caráter humanitário no Maranhão.

Outras lideranças nacionais já declararam apoio a Flávio Dino, que está formando uma aliança ampla para disputar as eleições de outubro. Em entrevistas e no ato do PT pró Dino e Dilma Rousseff (PT), Dino reforçou o convite para que o PT faça parte da coalizão de partidos que defendem uma virada de página do estado.

“Faço novamente o convite público para que o PT e os petistas nos ajudem nessa caminhada,” disse Flávio Dino em entrevista.

Publicado em Política | Com a tag , , | Deixar um comentário

Paulinha Lobão pode ser a candidata de Edinho ao Senado

Cunha Santos

388119_297056130328817_626241089_nMuita gente pode ser levada a pensar que o artigo na coluna “Estado Maior”, do jornal “O Estado do Maranhão, publicado ontem sob o título “Apenas três e ponto final” tem a ver com ocasionais candidaturas de outros grupos ou partidos políticos, no caso de alguma coligação, ou de outros aspirantes ainda não citados. Mas existe “Algo Mais” por trás dessa história.

Desde a quarta-feira passada o Blog recebeu informações de que as cúpulas do PMDB e da família Lobão estavam discutindo a probabilidade de lançar a candidatura de Paulinha Lobão ao Senado, ao lado do esposo, candidato a governador.

De uma reunião com esse objetivo teriam participado o deputado federal Sarney Filho, o prefeito de São José de Ribamar, professor Josemar, o próprio Edinho Lobão e uma professora cujo nome não foi possível identificar.

No encontro teria sido feita, inclusive, uma rápida avaliação do impacto positivo dessa candidatura sobre o eleitorado feminino. O Blog aguardava confirmar a notícia em outras fontes, mas a pressa com que “O Estado do Maranhão” veio a público avisar que a disputa pela indicação para o cargo de senador está reduzida apenas a três nomes já citados – Gastão Vieira, Arnaldo Melo e Pedro Fernandes – e ponto final, nos autoriza a divulgar esta inusitada informação.

A expressão “Ponto Final” tem cheiro de ordem, de “fim de papo”, de “não se fala mais nisso” como se determinada por alguém com muito poder dentro do grupo e que não gostou nada da idéia. Parece coisa de Roseana ou, mesmo, do velho Sarney.

Publicado em Política | Com a tag , , , | 4 comentários

Eleições: patamar de aprovação indica derrota para Dilma

O Globo

A pesquisa Ibope divulgada anteontem que mostrou a presidente Dilma Rousseff com 34% de aprovação (somados os que acham sua administração boa ou ótima) acende um sinal amarelo em sua campanha. A julgar pelo retrospecto de 104 eleições para governadores e presidente desde 1998 em que havia um candidato tentando a reeleição, analisadas pelo cientista político Alberto Carlos Almeida, Dilma hoje não se reelegeria.

DILMA ZANGADA (4)O estudo de Almeida mostra que, justamente quando teve 34% ou menos de avaliações de gestão ótima ou boa antes do pleito, nenhum candidato que tentou a reeleição, desde que ela foi instituída, foi bem-sucedido. Os que tinham aprovação de 46% ou mais, ao contrário, tiveram 100% de êxito.

Segundo Almeida, mesmo liderando as intenções de voto, com esse patamar de aprovação, Dilma Rousseff hoje não se reelegeria. O cientista político, no entanto, faz uma ressalva, citando os casos das reeleições de Fernando Henrique Cardoso, em 1998, e a de Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006. Embora eles tivessem índices de aprovação abaixo de 46% em julho (os dois tinham 38%), ambos tiveram aumento nas avaliações positivas de seus governos às vésperas do pleito, e acabaram sendo reeleitos.

— É possível aumentar o desempenho de governo ótimo e bom no decorrer da campanha. A situação atual é de grande risco para a presidente Dilma, mas ela pode reverter o quadro. Se as eleições fossem hoje, a probabilidade maior seria a eleição de um candidato de oposição — diz Almeida.

Para ele, eleitores que atualmente avaliam mal o governo Dilma estão declarando voto em branco, nulo, ou dizem ainda não saber em quem votar.

— Esses votos, provavelmente, irão para os candidatos de oposição. Devem migrar, principalmente para o Aécio, que é quem tem a base mais sólida — disse o cientista político, para quem a principal reclamação do eleitorado em relação ao governo Dilma vem da área econômica.

O professor Roberto Romano, da Unicamp, cita outro dado da pesquisa Ibope: embora a diferença seja de apenas um ponto percentual, pela primeira vez o percentual dos que não gostam da maneira de Dilma governar ultrapassou o dos que aprovam — a desaprovação aumentou de 43% para 48%, e a aprovação caiu de 51% para 47%.

— Há uma percepção de que Dilma está sendo tutelada (pelo ex-presidente Lula), e o envolvimento dela no caso de Pasadena deixou evidente que, como ministra e presidente do conselho da Petrobras, ela falhou — afirma Romano.

Eleitor ainda não está preocupado com eleição

Na avaliação do cientista político Fernando Abrucio, professor e pesquisador da Fundação Getulio Vargas (FGV) em São Paulo, o eleitor, neste momento, ainda não está preocupado com as eleições deste ano. Ele diz que a queda na aprovação no governo da presidente, segundo mostrou a pesquisa Ibope, está mais relacionada a dois fatores: a inflação e a perda no poder de compra do “brasileiro mediano”; e a sensação de que os serviços públicos em geral não andam bem.

— É a mesma (sensação) que mobilizou as pessoas no ano passado, nas manifestações de junho — diz o professor.

Segundo Abrucio, baseado em análises qualitativas realizadas pela FGV, o eleitor tem, em geral, um apelo por mudança misturado a um sentimento de desilusão. E isso seria um problema tanto para o governo quanto para a oposição.

— Os dois principais concorrentes da presidente, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), ainda são pouco conhecidos e estão fazendo de tudo para melhorar isso. Faço muita (pesquisa) qualitativa e vejo que os eleitores querem mudanças, mas também a manutenção das transformações sociais, principalmente as dos últimos dez anos.

Apesar de a aprovação do governo ainda ser positiva, a oposição vê nos resultados das últimas pesquisas uma tendência de queda na candidatura da presidente Dilma Rousseff e um espaço para crescimento de Aécio Neves e Eduardo Campos. Os governistas, por sua vez, avaliam que é cedo para fazer qualquer prognóstico sobre as eleições de outubro e que Dilma tem resultados a mostrar na propaganda eleitoral para reverter as últimas quedas na aprovação de seu governo e nas suas intenções de voto.

— Evidentemente que ninguém pode definir as eleições antes do processo que se inicia nas convenções, mas a posição dela (Dilma) é absolutamente vulnerável. O que é pior para ela e melhor para a oposição é o viés de baixa, como se diz no meio econômico. A aprovação dela vem caindo sistematicamente — argumentou o líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho (PE).

Segundo ele, além da queda nos índices de aprovação da presidente, o que anima a oposição é o crescente desejo de mudança revelado pelos entrevistados, mesmo que os números não tenham se refletido nas candidaturas de oposição.

— O eleitor não sai de um lado para o outro automaticamente, como o pêndulo de um relógio. Primeiro, o eleitor sai da posição pró-Dilma, vai para o meio (representado pelas respostas “não sei, não respondeu, branco ou nulo”) e só então decide que rumo tomar — disse o líder do DEM.

O deputado Rubens Bueno (PPS-PR), também da oposição, concorda. Segundo ele, a queda da aprovação do governo federal e os recentes escândalos como as denúncias de corrupção envolvendo ex-dirigentes da Petrobras serão decisivos no resultado das eleições presidenciais deste ano.

Para PT, aprovação crescerá durante eleição

No campo da situação, o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) reconhece que a presidente não está num bom momento, mas entende que as dificuldades são ocasionais. Segundo ele, a aprovação do governo e a popularidade pessoal da presidente voltarão a crescer durante a campanha.

— Quando começar o horário eleitoral, é o momento em que ela (Dilma) vai poder apresentar o governo dela na sua totalidade. Creio que, a partir daí, a aprovação subirá violentamente. O governo tem enorme riqueza de realizações que poderá ser mostrada a partir de agosto — diz o deputado.

O deputado argumenta ainda que escândalos como o caso da Petrobras não afetam diretamente a imagem da presidente. Para ele, a presidente não compactua com a corrupção e, quando descobre irregularidades, age prontamente.

Ex-líder do governo na Câmara, o deputado Cândido Vacarezza (PT-SP) vê com reserva as análises de pesquisas sobre as eleições de outubro. Ele lembrou que o ex-prefeito de Salvador João Henrique (foi do PDT e do PMDB) tinha um governo mal avaliado, mas foi reeleito em 2008. Já em São Paulo, contou Vacarezza, Marta Suplicy tinha um governo bem avaliado e perdeu para José Serra, em 2004.

— É muito cedo para avaliar pesquisas quantitativas de qualquer natureza, e as pesquisas qualitativas não são assertivas. Acho cedo dizer que a presidente vai ganhar no primeiro turno, como acho errado dizer que não vai ganhar. Tem de esperar o programa eleitoral e as pessoas nas ruas. A eleição está em aberto. É muito cedo para fazer prognósticos — afirmou Vacarezza.

Publicado em Política | Com a tag , , | 1 comentário

Edivaldo anuncia construção de cinco mil moradias

Prefeito_Edivaldo-HolandaA Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria de Urbanismo e Habitação (Semurh), beneficiará mais de cinco mil famílias com a construção de novas unidades residenciais do Programa Minha Casa, Minha Vida. Os dois novos empreendimentos, Residencial Mato Grosso e Morada do Sol, são viabilizados pela Prefeitura junto ao Ministério das Cidades, por meio de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).

Para o prefeito Edivaldo Holanda Júnior, a construção representa uma conquista da administração municipal. “Não podemos perder as oportunidades que as parcerias com o governo federal propiciam. Podemos dizer que temos hoje o maior programa habitacional da história de nossa cidade. Muitos outros sorteios de casas e apartamentos ainda virão. Nossa meta é oferecer equipamentos urbanos, como escolas e hospitais, que garantam a qualidade de vida. É isso que motiva a nossa gestão”, declarou.

Para garantir o bem estar dos moradores e atender à população dos novos conjuntos habitacionais, a Prefeitura garantiu a instalação de equipamentos públicos comunitários de educação, saúde e lazer. Com as construções, estima-se que 24 mil pessoas sejam beneficiadas. As obras têm início na semana que vem e estão previstas para entrega no final de 2015.

As medidas de incremento com equipamentos urbanos obedecem ao novo padrão estipulado em portaria do Ministério das Cidades, a de número 168, que atende ao princípio de habitabilidade. Por ele, é assegurada maior infraestrutura e qualidade de vida, contemplando elementos modernos da construção civil que respeitam a promoção de dignidade e sociabilidade estabelecidos no “Minha Casa, Minha Vida”.

No Residencial Mato Grosso, com três mil casas, os moradores serão contemplados com a construção de quatro creches e pré-escola, além de unidade básica de saúde, posto policial, escola de nível fundamental e espaço para feira livre. Já a população habitacional do Morada do Sol, com 2.176 casas, disporá de duas escolas de nível fundamental, duas creches e pré-escola, além de uma unidade básica de saúde.

Reconhecendo a importância de espaços públicos que garantam convivência e recreação para seus usuários, a Prefeitura assegurou ainda a construção de praças em ambos os residenciais. Além de área verde, o espaço contará com equipamentos poliesportivos e desempenhará um importante papel como espaço de uso coletivo.

O secretário de Urbanismo e Habitação, Diogo Lima, destaca a relevância dos empreendimentos para a cidade e enfatiza que, na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, o programa obteve grandes avanços. “A construção dos conjuntos habitacionais movimenta a nossa economia, gerando oportunidades de emprego e oferecendo qualidade de vida à população de baixa renda. No ano de 2013, foram contratadas mais unidades habitacionais que nos últimos quatro anos anteriores”, declarou o secretário.

Nas novas unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, as pessoas com deficiência terão mais qualidade de vida e comodidade. Além da necessidade dos equipamentos comunitários, a presidente Dilma Rousseff determinou que 3% das casas e apartamentos construídos sejam adaptados para pessoas com deficiência e que as demais unidades possam sofrer adequações.

Publicado em Geral, Política | Com a tag , , | 4 comentários