São Luís - MA Possibilidade de Pancadas de Chuva 25°C 32°C

Maçons declaram apoio à reeleição de Raimundo Cutrim

cutrim macon[

Cutrim recebe apoio da Maçonaria de São Luís.

O deputado Estadual Raimundo Cutrim (PCdoB), a convite do Grão-Mestre Ubiratan João de Castro, visitou quinta-feira (18) a diretoria da Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão, localizada no Conjunto Bequimão, em São Luís.

Durante o encontro, o Grão Mestre comunicou ao parlamentar que os membros da organização fraterna estarão unidos na esperança de reconduzi-lo a mais um mandato na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Participaram também da reunião o Grão-Mestre adjunto Antonio Evaristo de Lima, Grão-Mestre Advita Bolivá Marques Vieira, assim como o secretário de Relação Interior, José Henrique Muller.

Raimundo Cutrim agradeceu o apoio dos maçons e reconheceu que a Maçonaria tem sido importante em todos os momentos da sua vida, quer na política, ou na vida profissional.

Polícia tem obrigação de apontar mandantes das ações de vandalismo contra o patrimônio de São Luís

Lateral do Palácio La Ravardière: agressão ao patrimônio histórico da cidade`

Lateral do Palácio La Ravardière: agressão ao patrimônio histórico da cidade`

A polícia do Maranhão tem o dever de investigar e apontar os verdadeiros mandantes das ações de vandalismo contra o patrimônio público de São Luís, ocorridos na madrugada desta sexta-feira, flagrados pela própria PM, que registrou Boletim de Ocorrência no plantão central da Beira-Mar.

Os policiais identificaram na ocorrência Caique de Sousa e Victor José, como os dois jovens detidos com latas de spray, tintas e rojões.

Victor Alencar

Victor Alencar

Os dois fazem parte da Juventude do PMDB no Maranhão, e foram liberados do plantão central depois intervenção do assessor especial da governadora Roseana Sarney e cabo-tenente e conhecido das ações agressivas promovidas pelo JPMDB, como as ocorridas durante os lançamentos do livro do jornalista Palmério Dória, Honoráveis Bandidos,  em São Luís e Imperatriz

A sociedade ludovicense não pode aceitar que o precioso patrimônio público de São Luís, considerado patrimônio da humanidade pela Unesco, seja vítima  das ações de submundo articuladas pelos cabos eleitorais do candidato Edinho Lobão (PMDB).

Os policiais registraram no B.O. que foi pichado no Memorial Maria Aragão as frases: “Holanda Ladrão”e “Xô Dino Gay”.

No prédio tombado da Prefeitura de São Luís, Palácio de La Ravardière, na Praça Pedro II,  os ataques foram além dos xingamentos e vidraças foram quebradas e pedras e tinta vermelha atiradas.

Caique de Sousa

Caique de Sousa

Com o flagrante e a identificação da dupla, a Polícia agora só não aponta os mandantes se não quiser ou por força política maior.

Mas é bom que saibam que o crime não foi contra o prefeito Edivaldo Holanda e Flávio Dino, mas a todos nós maranhenses!

JPDB1JPMDB

Roberto Rocha emite nota e desfaz ataques sobre vice-prefeitura

Roberto Rocha: oposição unida

Roberto Rocha, candidato responde a ataques

Na condição de candidato ao Senado pela coligação “Todos pelo Maranhão, e com o intuito de esclarecer os fatos recentemente divulgados pela imprensa sobre suposto mal uso de dinheiro público no cargo que exerço desde janeiro de 2013, como vice-prefeito, informo:

1 – O contrato de locação do imóvel, localizado na Rua do Sol, Centro, para funcionamento da sede da Vice Prefeitura, foi firmado em setembro de 2013 e foi pago por apenas cinco meses, já que precisei me afastar do cargo para disputar o pleito 2014, e tão logo solicitei a suspensão do contrato de locação;

2 – Ao contrário do que foi divulgado, o contrato trata apenas de uma locação, cujo terreno contempla dois prédios. A escolha do mesmo foi dada à localização estratégica, próximo ao Palácio La Ravardière, e às características físicas similares à estrutura da sede da Prefeitura;

3 – Em referência à dispensa de licitação, o inciso X do artigo 24 da Lei de Licitações nº 8.666, de 1993, permite a compra ou locação de imóveis por dispensa de licitação;

4 – O valor de R$ 1.070.880,94 (um milhão, setenta mil, oitocentos e oitenta reais e noventa e quatro centavos) informado no Portal de Transparência da Prefeitura Municipal refere-se a gastos relativos à Vice Prefeitura durante 1 ano e 8 meses da gestão. Do total, R$ 859.263,38 foram referentes a pagamento da folha de funcionários, que cumprem expediente na estrutura da Prefeitura, e R$ 211.617,56 para locação de veículos, locação do prédio, compra de passagens aéreas, entre outros.

Finalizo reiterando que estarei sempre à disposição para esclarecer qualquer fato que venha a ser apontado com o intuito de denegrir a minha imagem, e que as medidas judiciais cabíveis já estão sendo providenciadas. Aproveito para reforçar o meu compromisso em trabalhar sempre em prol do povo maranhense, prezando pela justiça e responsabilidade.

Roberto Rocha

Vândalos atacam Prefeitura de São Luís

Do Blog do Jeisael Marx

Num ato de terrorismo, o prédio da Prefeitura de São Luís foi atacado por bandidos, nas primeira horas desta sexta-feira (19). Por volta de 5:00h da manhã, um veículo com vários elementos circulou o centro da cidade atacando prédios onde funcionam comitês do candidato a governador pelo PC do B, Flávio Dino e seguiram em direção à sede do executivo municipal.

wpid-Photo-19092014-07261Os bandidos atacaram a fachada da Prefeitura de São Luís atirando pedras e coqueteis molotov (bombas incendiárias). As janelas da lateral foram quebradas e palavras de ordem contra o candidato do PC do B foram pichadas nas paredes.

Por enquanto, não se tem ideia dos autores do ato de vandalismo nem de onde partiu a ordem para o ataque. Mas, as imagens de câmeras instaladas nas proximidades do prédio do executivo municipal devem ajudar a identificar o veículo, os autores e, consequentemente, chegar aos mandantes.

Material deixado pelos bandidos

Material deixado pelos bandidos

Ibope frauda formulário e pesquisador é preso na Paraíba em 2012

Pesquisador do Ibope é preso em João Pessoa por tentar manipular pesquisa: o maranhense que abra os olhos

Pesquisador do Ibope é preso em João Pessoa por tentar manipular pesquisa: o maranhense que abra os olhos

Não é só no Maranhão que o Ibope é acusado de manipular números de pesquisas para beneficiar candidatos.

Nas eleições municipais de João Pessoa em 2012 um funcionário do instituto foi preso quando aplicava um questionário excluíndo o nome de uma candidata, dos sete que disputavam a prefeitura.

No Maranhão, o Ibope que possui um histórico de erros e de acusações de beneficiar os candidatos da família Sarney, volta a atuar desta vez para tentar dar ânimio a fracassada campanha de Edinho Lobão.

Amanhã, sábado, a Tv Mirante divulga a segunda rodada de pesquisas do Ibope no estado.

Depois que a coluna Radar da revista Veja anunciou que a família Montenegro colocou o instituto à venda, há quem acredite que os resultados das pesquisas no Maranhão fazem parte do negócio.

Os cabos eleitorais da sarneysada já comemoravam os novos números antecipadamente.

Assista ao vídeo e veja como são feitas as pesquisas do Ibope.

Marina diz que deseperado, Sarney tenta fugir dos problemas com ofensas pessoais

              Para a candidata os cabos eleitorais de Dilma repetem a prática da velha política

A candidata Marina Silva fez campanha nesta quinta em Vitória (ES)

A candidata Marina Silva fez campanha nesta quinta em Vitória (ES)

A candidata à Presidência Marina Silva (PSB) disse nesta quinta-feira em Vitória (ES) que os ataques do senador José Sarney (PMDB-AP) repetem a prática da velha política, que tenta fugir dos problemas com ofensas pessoais.

O velho oligarca maranhense em discurso durante ato político do seu candidato ao governo do Maranhão, Edinho Lobão, na noite de terça na Batuque Brasil, acusou a candidata socialista de ter a “cara de santinha” e “vontade de ódio”.

Marina disse ainda que cabos eleitorais da presidente Dilma Rousseff, dentre eles Sarney, estão “desesperados” diante da perspectiva de derrota na eleição.

- Não fizemos a escolha pela embate porque somos contra a velha política, que tenta fugir dos problemas com ofensas pessoais. Os nossos adversários estão apavorados, desesperados, inclusive os cabos eleitorais de Dilma, com a possibilidade que o povo brasileiro está demonstrando que pode fazê-los perder – afirmou.

A ex-ministra do Meio Ambiente tem citado Sarney e políticos como os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Fernando Collor (PTB-AL) como exemplos da “velha política” que precisaria ser superada no país.

    

Marina também retomou as críticas à gestão do PT na Petrobras, que associou à “velha política”. E classificou as atuais investigações sobre corrupção na empresa como “mega mensalão de arrepiar o cabelo”.

- Na velha política tem gente que acha que manda em tudo e ainda no resto. É isso que a gente vê na Petrobras. Um diretor da Petrobras que fez o mega mensalão do país, de arrepiar o cabelo do mais corrupto desse país. Vamos corrigir – avisou.

(Com informações da Folha de São Paulo)

 

Corregedor Eleitoral pede suspensão de perfis falsos usados para ataques contra Flávio Dino

Guerreiro Júnior repudiou a armação ardilosa para afastá-lo do TRE

Voto de Guerreiro Júnior determina suspensão no prazo de 48h de perfis “fakes” usados para promover propaganda negativa.

Quem acompanha as redes sociais, percebeu a proliferação de perfis não vistos anteriormente e que surgem com o único intuito de depreciar a imagem de candidatos. No Maranhão, o tema é recorrente e tem se direcionado contra a candidatura de Flávio Dino.

Percebendo a onda de perfis falsos, identificados com facilidade na internet, a coligação “Todos pelo Maranhão” pediu a suspensão dos perfis anônimos utilizados com o intuito exclusivo de agredir o candidato oposicionista.

Em decisão proferida na última quinta (18), o desembargador Guerreiro Júnior pediu a suspensão dos perfis falsos que infestam o Twitter desde o início do embate eleitoral. As contas fazem menções injuriosas contra Flávio Dino e, segundo o magistrado, agridem o processo eleitoral.

O anonimato é proibido pela Constituição Federal e, neste sentido, a decisão destacou: “quando há imputação falsa de mensagens com conotação eleitoral, postadas no anonimato de uma conta no Twitter, fato este que refoge ao direito de liberdade de expressão e, de maneira alguma, contribui para o debate político.

Para o desembargador, as acusações que chegam a tratar de aspectos de cunho íntimo do candidato, se caracterizam por serem “condutas esvaziadas de crítica ou proposta, mas que se limitem a denegrir pessoas”.

A coligação “Todos pelo Maranhão”, de Flávio Dino, acusa a campanha do PMDB de ser responsável pela criação dos perfis anônimos e pede a condenação da coligação “Pra Frente, Maranhão”, de Edinho Lobão.

Onprazo para cumprimento da decisão liminar é de 48 horas.

A Gorete que o Edinho Lobão não tem coragem de mostrar

gorete-500x303

Do blog Marrapá

Depois de plagiar a esquete da Gorete de um programa político do Rio Grande do Norte, o marqueteiro Elcinho Mouco inspirou jovens de Imperatriz a fazerem o mesmo.

O grupo criou uma paródia hilária da personagem, adequando à realidade da política maranhense, com a abordagem de temas como as denúncias da revista Veja, o escândalo da Petrobras e a promessa do Alô doutor.

Em tempo: Após o blog Marrapá revelar que o telespectador não compreendia a função da Gorete no horário eleitoral, o ‘marqueteiro da maldade’ logo deu um jeito de inserir o candidato Edinho Lobão (PMDB) no quadro, para deixar bem claro que o alvo das baixarias da personagem é o oposicionista Flávio Dino (PCdoB).

A encenação ficou tosca. Digna do humor sem graça do programa Zorra Total.

TSE proíbe pesquisa de instituto fantasma contratado pela TV de Edinho Lobão

Maranhão da Gente

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) proibiu na manhã desta quinta (18) a divulgação da pesquisa contratada pela TV Difusora de Edinho Lobão. A pesquisa foi encomendada pela emissora pertencente ao candidato do grupo Sarney. Esta semana, o blog Paço em Foco denunciou que o instituto Prever não tem sequer sede.

A praticamente 15 dias da eleição e sem conseguir convencer o eleitor maranhense, Edinho Lobão resolveu contratar uma pesquisa do instituto Prever – o mesmo que em 2012 “previu” a vitória de João Castelo para a prefeitura de São Luís.

A responsável pela impugnação da pesquisa foi a coligação “Unidos pelo Brasil”, da candidata Marina Silva (PSB). Após a analisar os dados da pesquisa, o Tribunal Superior Eleitoral avaliou que havia irregularidades no registro da pesquisa. O resultado iria ao ar no sistema Difusora de Comunicação amanhã.

Paulo Marinho é condenado de novo

paulo marinho

Blog do Jorge Vieira

O indefectível ex-deputado cassado por corrupção, Paulo Marinho, foi condenado pela justiça mais uma vez. Desta, foi a ação de improbidade movida contra ele (Processo nº 832/2001, numeração única: 832-59.2001.8.10.0029, em trâmite na 1ª Vara da Comarca de Caxias), enriquece a longa lista de malfeitos do ex-prefeito, que tem contra si nas diferentes esferas da Justiça, como centenas de processos e dezenas de condenações.

Em suma, PM foi condenado, em 1º Grau, nas sanções previstas na Lei de Improbidade, em razão da venda, sem qualquer autorização, de “ações ordinárias nominativas” da empresa PETROBRÁS, de propriedade deste Município.

Na sentença (de 2009) Paulo Marinho foi condenado a:

1) Recolher aos cofres públicos do Município de Caxias-MA a importância referente à venda das ações, acrescidas de correção monetária e juros;

2) Ficar proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócia majoritária, pelo prazo de 5 (cinco) anos;

3) Pagar multa civil de 1 (uma) vez o valor do dano;

4) Ter seus direitos políticos suspensos pelo prazo de 5 (cinco) anos.

A referida sentença foi objeto de recurso de apelação, o qual foi negado seguimento, nos termos do acórdão tendo transitado livremente em julgado no dia 12 de setembro de 2013.

PM NÃO PODERÁ VOTAR NO FILHO NEM EM EDINHO

O Juízo Eleitoral de Caxias foi comunicado da  suspensão dos direitos políticos de PM, com a consequente retirada de seu nomes dos cadernos de votação e suspensão do título de eleitor. Os advogados da Prefeitura entram com  pedido de execução para o Município visando o ressarcimento ao erário.

Apesar de afirmar que tinha recuperado seus direitos políticos por já haver transcorrido o prazo de outra condenação que possuía, PM volta a ser um cidadão sem direito a votar e ser votado por conta da nova condenação que suspendeu seus  direitos políticos suspensos por mais 5 anos.

Página 1 de 42012345...102030...Última »