Edivaldo e o Mais Asfalto:  parceria com seriedade

Edivaldo e o Mais Asfalto: parceria com seriedade

É impressionante a resistência de setores da sociedade ludovicense em admitir os recentes avanços da administração Edivaldo Holanda, a exemplo das obras de pavimentação que ele realiza em vários bairros da capital.

O pior é que como não podem negar a realidade dessas obras, dizem que elas não são do prefeito, mas do governador Flávio Dino.

O que é verdade, mas uma verdade que revela as dificuldades que a cidade enfrentou nos dois primeiros anos de mandato municipal, ainda sob o jugo do governo Roseana Sarney.

Se não fosse a perseguição da ex-governadora, São Luís hoje seria outra!

Foram dois anos sem capacidade de investimentos decorrente do caos administrativo e financeiro herdado do ex-prefeito João Castelo.

Se para qualquer empresário é necessário planejar durante os doze meses, para que possa pagar o décimo terceiro salário, imagine o que é assumir uma prefeitura com a folha do funcionalismo em atraso!

Ainda mais com o descaso de um governo que destinou os seus convênios para obras de pavimentação às prefeituras que atendiam apenas a seus interesses políticos.

Para a capital, negas de pitibiriba!

Importante também observar que a parceria em si não resolve nada.

Ela só funciona com a seriedade dos gestores em aplicar devidamente a verba pública.

E este é o mérito de Edivaldo Holanda!

Basta observar os resultados das outras prefeituras que foram agraciadas com recursos estaduais durante o antigo regime.

É evidente que a atual administração municipal possui falhas, mas nenhuma delas se sobrepõem ao fato de que depois de mais de 3 anos de mandato não há nenhuma denúncia de corrupção que atinja diretamente o prefeito.

Por isso mesmo é melhor renovar o seu mandato, ainda mais agora que ele aprendeu a administrar e pode comandar a máquina pública com a firmeza que o cargo exige, do que apostar em uma aventura midiática de candidatos sem experiência ou com práticas que todos nós já conhecemos.

Um prefeito honesto já é um bom começo!